Desde o mês passado que se encontra à venda nas livrarias a mais recente proposta da chancela Polvo da Rui Brito Edições, intitulada Ar Puro e Água Fresca, da autoria do francês Pero.

Eis a sinopse:

O LIVRO
Filho de caçador, Joshua vê-se brutalmente órfão após o ataque à casa familiar por um grupo de índios. Terá então de aprender a sobreviver sozinho e a tornar-se adulto no ambiente vasto e rude das Montanhas Rochosas de meados do século XIX. Nesta história, o autor coloca o seu traço elegante ao serviço de uma fábula inteiramente muda que conta a natureza selvagem dos grandes espaços e a natureza não menos frustrada dos homens. Este é um western iniciático, trágico, com toques de humor, um romance que alia uma radicalidade gráfica e de argumento, que se mantém de uma extraordinária fluidez de fio a pavio, pois Pero escolheu o silêncio para deixar exprimir a força das ilustrações.

O AUTOR
Originário de Grenoble, França, Pero, pseudónimo de Olivier Peret, começou por estudar Desporto antes de ingressar na Academia de Belas-Artes de Tournai. Acabados os estudos, dedicou-se de corpo e alma à criação e animação da revista “Cheval de Quatre”. Vive em Lille. Com “Ar puro e água fresca”, a sua primeira obra enquanto autor completo, Pero aceita o desafio de uma história muda, onde revela um belo domínio gráfico e narrativo.

Está na minha lista de leituras, pelo que esta obra em breve regressará a este espaço na rubrica LeR: Leituras e/ou Releituras.

Ar puro e água fresca
Argumento e desenho: Pero
23 x 16,5 cm; capa em quadricromia, com badanas;
128 pág. impressas a preto e branco
PVP: 11,23 euros (s/IVA); 11,90 euros (c/IVA)
ISBN: 978-989-8513-13-7

nota: agradece-se à editora as imagens gentilmente remetidas, as quais ilustram o presente texto.