Hoje, inaugura-se um novo subtipo de artigo, dentro dos que se dedicam à banda desenhada disponibilizada nas bancas, nomeadamente às publicações não especializadas em BD que também a publicam.

Neste contexto, apresenta-se a revista Mega Power, autointitulada a revista n.º 1 para rapazes, tendo como público-alvo os meninos / rapazes entre os 5 e os 11 anos. Com uma tiragem de 12000 exemplares, esta revista mensal atingiu o n.º 40 com o lançamento de outubro, no passado dia 1. A título de curiosidade, eis o vídeo do lançamento da revista, realizado há 40 meses:

Os bedéfilos certamente repararam que em nenhum momento a nona arte é referida ao longo do vídeo. No entanto, desde o primeiro número que na barra superior da capa a BD é discretamente anunciada no canto superior direito. A estrutura da revista manteve-se fundamentalmente a mesma ao longo destes 40 meses, apesar de terem existido secções que desapareceram – por exemplo, os quebra-cabeças.

Numa revista onde personagens conhecidos do manga e dos comics estão frequentemente presentes devido aos posters e artigos sobre anime, desenhos animados norte-americanos, cinema e videojogos, que banda desenhada está afinal presente nesta revista da Goody? Se o leitor colocar como hipóteses BD baseadas em desenhos animados, comics norte-americanos ou manga, os mesmos estariam em plena consonância com a revista. Afinal, no número 39 figuravam, por exemplo, Percy Jackson, R.I.P.D. ou Kingdom Hearts; e no número de outubro, os leitores encontram, entre outros, A Lenda de Zelda, Pokémon, Lego Marvel Super Heroes e Inazuma Eleven; e, para o próximo mês, está anunciado um artigo sobre o segundo filme de Thor e um dossier sobre os filmes com as várias personagens Marvel… Mas, na posse do dado de que apenas 4 páginas da revista contêm 3 séries de BD, certamente teria mais dificuldades em adivinhar a BD que a revista publica.

A verdade é que 2 das séries são… BD franco-belga. Se referi que nas revistas e livros nacionais de setembro de e sobre banda desenhada não foi distribuída BD franco-belga nos quiosques, e que apenas nas revistas francesas importadas de e sobre BD foi possível ter acesso à mesma em revistas especializadas, a Mega Power é o exemplo de que a BD franco-belga é publicada mensalmente em Portugal, inclusivamente nos meses em que nenhum livro ou revista especializada o realiza. É verdade que nesta revista a mesma se reduz a duas pranchas (uma prancha para cada série). Mas também é verdade que marca presença e em idades bastante jovens.

Mas que séries são essas? Ambas as BD franco-belgas são originalmente publicadas pela editora francesa Bamboo Édition. Alguns álbuns desta editora têm sido publicados em Portugal, via Asa, seja BD dirigida aos mais novos, sem palavras (A minha 1ª BD – Capuchinho Vermelho / Branca de Neve), seja humorística (Os Campistas, Os Funcionários, Os Chuis, Os Bombeiros, Os Comerciais, Os Informáticos). A nível do humor, a BookTree também editou séries da Bamboo, como Vovô Motard, Os Profs ou Os Maluquinhos da Bola. As duas séries publicadas na Mega Power pertencem precisamente à BD humorística, autocontida em cada prancha.

Uma das séries denomina-se Os Insetos em Banda Desenhada e pode ser lido um extrato aqui em francês. Com arte de Cosby, o argumento é da autoria de Christophe Cazenove e François Vodarzaca. A BD alia o humor à componente informativa, com informações taxonómicas e outras consideradas relevantes relativas ao inseto abordado em cada uma das pranchas. Eis 3 vinhetas do gag publicado na Mega Power 40, denominada O Pirilampo:

A segunda série franco-belga é em tudo semelhante à anterior mas ao invés de serem abordados insetos, a BD versa os dinossauros. Os Dinossauros em Banda Desenhada tem como autores Arnaud Plumeri no argumento e Bloz na arte. Pode ser lido um extrato aqui em francês e/ou ver um vídeo de apresentação do 3.º tomo:

Eis 3 vinhetas da prancha publicada na Mega Power 40:

A 3.ª série publicada tem direito a duas páginas e denomina-se Magias (Magic in a Minute), da autoria do prestidigitador cómico Mac King e do seu primo ilustrador Bill King. Esta tira cómica – da qual a Mega Power publica mensalmente 6 tiras – na verdade, tem como fim ensinar magia às crianças de uma forma fácil e visualmente apelativa, temperada com um pouco de humor, através da BD. Eis um exemplo de uma das tiras publicadas na Mega Power 40, cuja distribuição é realizada pela Universal Uclick (clique na imagem para aumentá-la):

É necessário, no entanto, sublinhar que a BD referida neste artigo refere-se à atualmente disponibilizada pela revista. Se fôssemos construir o historial da BD publicada pela Mega Power, certamente teríamos de nos referir a outras séries, como a BD belga Kid Paddle da autoria de Midam e colorida por Angèle, originalmente publicada pela Dupuis na revista Spirou.

No futuro, é minha intenção continua a apresentar nesta rubrica a BD mais escondida dos bedéfilos (isto é, publicada noutros locais que não em revistas temáticas de e/ou sobre a nona arte).

nota: a capa e a tira Magic in a Minute foram gentilmente cedidas pela editora, as quais se agradecem e ilustram o texto.