Com capa de Nuno Duarte, o terceiro número da WebMag de The Lisbon Studio continua a cumprir com a autoproposta periodicidade bimestral. Após os primeiros dois números, que abordámos aqui, o terceiro fascículo digital conclui a BD “Cidade Suja” de Pepedelrey, iniciada no número anterior.

Mas existe mais material destinado aos apreciadores de banda desenhada. Escrito por André Oliveira e ilustrado por João Vasco Leal, “Fagundes, O Profissional” é um gag que muito provavelmente surpreenderá com o final escolhido.

De Pedro Brito, pode ser lida “Amena Cavaqueira”, produzida para a antologia Portimão – Como se faz uma cidade, dedicada aos seniores. Como bónus, é possível aceder ao estudo e esboços das personagens.

F(r)icções é um álbum de banda desenhada que coletará vários contos. Na TLS WebMag #3,  Nuno Duarte e João Sequeira são os nomes responsáveis pela antevisão do conto “Sem Escape”, que, deste modo, nos permite vislumbrar o mote da compilação.

Do prolífico André Oliveira, os leitores têm ainda acesso a duas antevisões, nomeadamente do minicomic Living Will 1, ilustrado por Joana Afonso, e do álbum Dust Bowl, ilustrado por Pedro Brito.

No que toca a antevisões, Jorge Coelho apresenta dos seus dois recentes trabalhos para o mercado norte-americano, ou seja, Polarity para a Boom! Studios e os números 40 a 42 de Venom, para a Marvel.

A publicação online, com direito a 152 páginas, também apresenta o álbum Comic Transfer, da autoria de Ricardo Cabral e Till Lassman.

Registe-se ainda o making of do videojogo Inspector Zé e Robot Palhaço em Crime no Hotel Lisboa da Nerd Monkeys, com ilustração de Nuno Saraiva.

A edição conta também com as ilustrações de Ana Freitas, Filipe Andrade, Joana Afonso, Nuno Duarte, Nuno Saraiva e Pedro R. Ferreira, bem como trabalhos fotográficos de Ana Branco,

Esta revista continua, deste modo, o seu propósito enquanto portefólio do estúdio, brindando os leitores com trabalhos finais, prontos a serem apreciados, e realizando antevisões dos trabalhos em curso ou a ser publicados em formato papel. Podem ler o terceiro número gratuitamente aqui.