Sendo eu um grande apreciador da historieta argentina, é com grande pesar que lamento o quão pouco é publicada no nosso país. A nível de tiras cómicas, na tradição de Quino e Maitena, chega-nos agora Julieta Arroquy e a sua Ofélia, que nos propõe uma abordagem do universo feminino com humor e perspicácia.

Sinopse:
Ofélia é um livro que navega pelo tão analisado e explorado universo das mulheres, sem evitar o campo minado de clichês como se fossem uma praga, mas refletindo sobre esses lugares comuns com desenvoltura e tranquilidade. Ofélia é para reler quando estamos tristes ou desanimadas, para partilhar com uma amiga, para deixar em cima da mesa da sala para delícia das visitas. É um livro cheio de ideias, de vivacidade, de verdades que todas pensamos, mas que nem sempre sabemos como dizê-las. É, antes de mais nada, um livro feliz. Um livro bonito e cheio de esperança. Necessário. Carinhoso. Amável para os olhos. Um livro que leva para o papel um hábito esquecido tanto nos blogues como nas prateleiras das livrarias: ler com um sorriso.

Eis uma antevisão do livro:

Este slideshow necessita de JavaScript.