Se a checklist de outubro foi a segunda entrada mais visitada, a checklist de novembro foi a página mais visitada deste mês, o que prova o contínuo sucesso desta iniciativa na tentativa de responder às simples questões que nem sempre têm pronta resposta (não encontro à venda: ainda não saiu? já foi recolhida? a distribuição foi limitada a poucos pontos de venda?…).

E, se a premissa é simples e o layout minimalista, a verdade é que obriga a atualizações diárias, no sentido da informação ser o mais correta possível.

Tal como no mês de setembro, e no mês de outubro, procederei a uma análise comparativa dos lançamentos de novembro, um mês que se carateriza, como veremos, por uma diminuição do número de publicações de BD colocadas à venda, num novembro repleto de ausências. No entanto, esta redução é artificial e ditada pela imutável duração de cada mês.  Como é habitual, inicie-se a análise pela banda desenhada distribuídas nas bancas.

QUIOSQUES

Albert René, Les Éditions (Asa/Público) [sinopses aqui]
– Astérix à volta do mundo 2 – Astérix Gladiador (dia 1)
– Astérix à volta do mundo 3 – Astérix e Cleópatra (dia 8)
– Astérix à volta do mundo 4 – Astérix e os Bretões (dia 15)
– Astérix à volta do mundo 5 – Astérix Legionário (dia 22)
– Astérix à volta do mundo 6 – Astérix nos Jogos Olímpicos (dia 29)

Bonelli Comics (Mythos) [importação] (sinopses aqui)
– As Aventuras de Chico 3
– J. Kendall – Aventuras de uma Criminóloga 100
– Tex 491
– Tex Coleção 283
– Tex Gigante 26
– Zagor 144
– Zagor Extra 108

Dark Horse Comics (Planeta DeAgostini) [antevisão aqui]
– Comics Star Wars 34: Império 3 (dia 4)
– Comics Star Wars 35: Império 4 (dia 11)
– Comics Star Wars 36: Império 5 (dia 18)
– Comics Star Wars 37: Rebelião 1 (dia 25)

DC Comics (Panini) [importação] [sinopse aqui]
– Batman (Os Novos 52) 9 (dia 29)

DC Comics (Público/Levoir/Panini) [sinopses aqui]
– Super-Heróis DC Comics 18: Batman – Outros Mundos (dia 7)
– Super-Heróis DC Comics 19: Super-Homem – Legião dos Super-Heróis (dia 14)
– Super-Heróis DC Comics 20: Super-Homem e Batman – A rapariga de Krypton (dia 21)

DC Comics (SOL/Levoir/Panini) [antevisão aqui]
– Super-Heróis DC Comics Série II 1: Super-Homem – Homem de Aço (dia 29)

Disney (Goody) [capas aqui]
– Disney Comix 49 (dia 6) [antevisão aqui]
– Disney Comix 50 (dia 13) [antevisão aqui]
– Disney Comix 51 (dia 20) [antevisão aqui]
– Disney Comix 52 (dia 27) [antevisão aqui]
– Disney Especial 4 : Natal (dia 28) [antevisão aqui]
– Hiper Disney 12 (dia 22) [antevisão aqui]
(nota1: 5.ª caixa arquivadora Disney Comix: #17-20)
(nota2: 1.ª caixa arquivadora 
Hiper Disney: #2-3) [capa aqui]

Disney (Zero a Oito) [sinopse aqui]
– Frozen: O Reino do Gelo (brindes: poster, etiquetas, autocolantes e jogo de memória) (dia 27)
(nota: Disney Junior 5 com luvas de brinde não contém BD)

Marvel (Panini) [importação] [sinopses aqui]
– Homem-Aranha 135 (dia 29)
– X-Men 135 (dia 29)

Maurício de Sousa (Panini) [importação] [capas aqui]
– Cascão 77 (dia 29)
– Cebolinha 77 (dia 29)
– Chico Bento 77 (dia 29)
– Magali 77 (dia 29)
– Mônica 77 (dia 29)
– Saiba Mais! com a Turma da Mônica 68: História do Teatro (dia 29)

Rainbow (Zero a Oito)
– Winx Club 99 (brinde: tapa-orelhas) (dia 26) [sinopse aqui]

Das edições nacionais periódicas disponibilizadas nas bancas, não inseridas em iniciativas autolimitadas, não se registaram novas iniciativas, pelo que a totalidade é, tal como o mês passado, de banda desenhada infantil, licenciada pela Disney (via Goody ou Zero a Oito) ou pela Rainbow. Dada a ausência da revista Phineas e Ferb, a origem das histórias de todas as revistas é italiana. O número mensal desceu para 8 revistas, graças à antecipação do lançamento da Disney Big 2 para o mês de outubro, a Disney Junior 5 não conter BD, a já mencionada ausência da revista Phineas e Ferb, não ter sido distribuída a Carros 43 este mês e a Disney Comix Record ainda não ter sido remetida aos leitores que participaram na iniciativa. Para o incremento do número total em uma unidade contribuiu a quarta Disney Especial, desta vez dedicada ao Natal, para a qual tivemos oportunidade de sugerir várias histórias. Quanto a novas iniciativas, apesar de não terem ocorrido este mês, está anunciado para dezembro o surgimento de mais uma revista Disney periódica  da Goody, Minnie & Friends. Para um público menos infantil, está também anunciada a nova revista Os Simpsons, editada também pela Goody, sem existir ainda data definida para o seu lançamento.

Os 13 títulos periódicos nacionais autolimitados resultam de projetos publicados com jornais (Astérix à Volta do Mundo, Super-Heróis DC ComicsSuper-Heróis DC Comics – Série II) [9 publicações] ou em nome próprio (Comics Star Wars) [4 publicações]. Para o aumento deste número, contribuiu a publicação das aventuras do pequeno gaulês, que só tinha tido direito ao primeiro número no mês passado, bem como a Levoir ter iniciado a publicação da 2.ª série de Super-Heróis DC Comics, desta vez em conjunto como semanário SOL e não com o diário Público. A BD  franco-belga e norte-americana é deste modo publicada no nosso país, através destes projetos.

Das 41 revistas importadas do Brasil que estavam previstas ser distribuídas em novembro, apenas chegaram 16 títulos às bancas nacionais, tendo a maioria deles sido adiada para o próximo mês. Devido às importações brasileiras serem responsáveis por um percentagem importante da BD disponibilizada mensalmente, este facto tem um grande impacto no número de publicações totais distribuídas em novembro. Deste modo, a Panini Brasil teve apenas 9 publicações distribuídas das 33 previstas. Quanto à Mythos, não foi distribuída a anunciada revista Mágico Vento 129. Pelo contrário, As Aventuras do Chico 3, publicação originalmente planeada para ser distribuída em setembro e posteriormente em outubro, chegou finalmente às bancas este mês, o que contribuiu para que a Bonelli Comics fosse a licenciadora com mais revistas brasileiras nas bancas (7 revistas) O monopólio de títulos brasileiros importados pertenceu, no entanto, à Panini Brasil, sob licença da Maurício de Sousa Editora (6 revistas), Marvel Comics (2 revistas) e DC Comics (1 revista).

Deste modo, o número de livros e revistas nas bancas – exceto redistribuições – diminuiu para 37 publicações. Com esta diminuição, houve uma menor oferta destinada ao público infantil, cujo número de publicações se aproximou à do público juvenil. O público-alvo adulto continua a ser o menos contemplado.

A nível da origem da BD, este mês a maioria é italiana (15 publicações), seguida da BD norte-americana (11 publicações), brasileira (6 publicações) e franco-belga (5 publicações). As publicações de BD portuguesa mantêm-se ausentes das bancas. Em novembro, o segundo volume de Naruto da Devir foi distribuído nas bancas, razão pela qual o manga não esteve este mês ausente nos quiosques.

Se a Maurício de Sousa Editora tem o exclusivo da BD brasileira, a italiana tem origem no ramo Disney da Panini Itália (7 publicações), na Bonelli Comics (7 publicações) e na Rainbow (1 publicação). Quanto à BD norte-americana, reparte-se por DC Comics (5 publicações), Marvel Comics (2 publicações) e Dark Horse (4 publicações).

Novembro foi o primeiro mês em que foi lançada um caixa arquivadora da Goody com Hiper Disney, à semelhança do que já acontecia com a Disney Comix.

Antes de avançarmos para as novidades livreiras, um pequeno anotamento sobre a importação das revistas Panini Brasil. Se para os leitores brasileiros, a publicação extraordinária de dois números da revista mensal X-Men poderá ter tido as suas vantagens, ao terem sido numerados com o n.º 134 e 134.1, originaram que o número 134.1 não fosse exportado para Portugal, tendo este espaço recebido mensagens de vários leitores sobre este tópico. Dado este não ser a entrada ideal para comentar este assunto, fica a promessa de que retornaremos a este tema no próximo mês.

NOVIDADES EDITORIAIS

Se o festival Amadora BD costumava ser um elemento catalisador de lançamentos editoriais de BD no final de outubro e início de novembro, este ano os lançamentos ocorridos em outubro foram pouco expressivos, ocorrendo a maioria deles em novembro. No entano, como referi anteriormente, alguns livros com lançamento oficial e apresentação pública em novembro, foram colocados à venda em outubro nos stands do festival. Optei por não os incluir na análise de outubro, respeitando a data de lançamento oficial.

Asa [sinopses aqui]
– As Águias de Roma IV – Marini (dia 19)
– Ardalén – Miguelanxo Prado

Associação Tentáculo
– Zona Gráfica 3 (dia 10) [antevisão aqui]

Clube do Autor
– Ofélia 1: Pare, Escute e Olhe – Julieta Arroquy [antevisão aqui]

Chili Com Carne
– Colecção CCC 15: The Dying Draughtsman / O Desenhador Defunto – Francisco Sousa Lobo (dia 1) [antevisão aqui]

Escorpião Azul
– Segunda Oportunidade – Geral e Derradé (dia 9) [antevisão aqui]

Insónia
– No Presépio – José Pinto Carneiro e Álvaro (dia 2) [antevisão aqui]

Polvo
– Duas Luas – André Diniz e Pablo Mayer (dia 2) [antevisão aqui]
– Comic Transfer – Ricardo Cabral e Till Laßmann (dia 10) [sinopse aqui]

Quarto de Jade
– Os Labirintos da Água – Diniz Confrey (dia 1) [antevisão aqui]

Tinta da China
– As Fantásticas Aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy III: Requiem – Filipe Melo, Juan Cavia e Santiago Villa [antevisão aqui]

Anunciado inicialmente para dia 10 de dezembro, Ardalén do galego Miguelanxo Prado foi colocado à venda nalgumas livrarias ainda em novembro, razão porque se inclui listado.

Se  as publicações de BD portuguesa se encontram ausentes das bancas, o mesmo não pode ser dito das que chegam às livrarias ou têm outro tipo de distribuição independente. Das 11 publicações, 7 são de autores portuguesas e 1 é a primeira edição mundial de uma obra de autores brasileiros. A restante origem será espanhola, franco-belga e argentina.

Segundo o plano editorial da Devir, 3 mangas deveriam ter sido editados em setembro (Blue Exorcist 1, Death Note 7 e Naruto 2), o que não se verificou. Em outubro, apenas se realizou o lançamento oficial de um deles no dia 23, Naruto 2. Em novembro, a editora anunciou a distribuição de Death Note 7 nas livrarias no final desse mês mas não se concretizou.

IMPORTAÇÕES LIMITADAS NOS QUIOSQUES

Como tenho vindo a referir, esta é uma checklist de difícil elaboração pois tem como metodologia a observação realizada em diferentes quiosques, estando frequentemente disponíveis 1 ou 2 exemplares por ponto de venda selecionado, podendo os mesmos ser adquiridos previamente às minhas visitas. Nesse sentido, fomenta-se a participação dos leitores que queiram completar a listagem sempre que tenham vislumbrado uma publicação em falta na checklist.

Dos EUA
– Sonic the Hedgehog 254 (Archie Comics)
– Star Wars: Dark Times – A Spark Remains 4 (Dark Horse)

De França 
– Casemate 65
– dBD 78
– Lanfeust Mag 169
– L’Immanquable 35
– Psikopat 257
– Psikopat 258

De Itália
– Topolino 323
– Topolino 324
– Topolino 325
– Topolino 326

Eis alguns comentários a estas revistas:
– A Casemate e L’Immanquable de dezembro foram distribuídas no final de novembro, razão pelo que surgem na lista;
– De todas as revistas francesas, a Psikopat é a que tem uma distribuição mais reduzida no número de quiosques selecionados.

FANZINES

Dos fanzines nacionais que tive conhecimento serem publicados em novembro, eis a listagem:

Fandaventuras Especial
– #11 – Rob the Rover: A Saga do Submarplano – volume primeiro – Walter Booth (dia 10)

Geraldes Lino
– Efeméride nº 6 – Heróis de BD no Séc. XXI : parte 1 de 4 (dia 2) [antevisão aqui]

Registe-se ainda que a ausência da anunciada Calafrios 2 de A Filactera não tem como razão um cancelamento do projeto mas sim um adiamento da sua publicação para o mês de dezembro, estando anunciada uma surpresa para além das 3 histórias presentes nesse e-zine.

Por fim, agradece-se a todos os faneditores e demais bedéfilos interessados que colaborem na construção da área dedicada aos fanzines na checklist mensal, informando dos vários lançamentos que ocorrem mensalmente.

No total, novembro possibilitou tomarmos contacto com 62 publicações de ou sobre BD, entre edições nacionais e importadas, de géneros bastante distintos. Este número artificialmente baixo, deve-se à distribuição parcial das importações Panini Brasil, que tem agendada a chegada de mais 24 publicações de BD às bancas nacionais até ao dia 4 de dezembro.