Se é verdade que o trabalho de restauro do português Manuel Caldas na banda desenhada e livros ilustrados é reconhecido mundialmente, no nosso país – apesar do merecido reconhecimento – nem sempre as suas edições em língua portuguesa encontraram o público necessário para as tornar viáveis.

Em 2009, Caldas presenteou-nos com Tarzan dos Macacos  em língua portuguesa, as tiras diárias de Harold Foster, baseada na obra de Edgar Rice Burroughs, originalmente publicadas em 1929.

Desta feita, Caldas regressa às tiras diárias de Tarzan, mas 38 anos depois, no período ilustrado por Russ Manning, e com uma edição em castelhano. O primeiro tomo intitula-se El Hombre-Mono Regresa.

Clique nas imagens para as visionar em toda a sua extensão e com dimensões mais generosas:

Para setembro, está anunciada a publicação do primeiro tomo das tiras dominicais a cores, das quais também apresentamos uma antevisão prévia à tradução e respetiva balonagem:

nota: as  imagens foram gentilmente cedidas pelo editor, as quais se agradecem e ilustram o texto.