Uma das mais recentes apostas brasileiras da Polvo é Matiné, da autoria de Magno Costa e Marcelo Costa, com a participação especial de Marcio Moreno, Magenta King e Dalts. Reúne as BD O Estranho sem Nome, O Velho e A Mariposa.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extesão e com dimensões mais generosas:

Eis a sinopse da editora:
As três histórias que compõem este Matiné têm por inspiração o velho e bom cinema de acção e aventura e são temperadas com cirúrgicas pitadas de sangue e humor. Mas isto não é pura e simples pancadaria, com alta dose de adrenalina à mistura. Os enquadramentos escolhidos ajudam a ambientar a acção, os ângulos, a movimentação e a velocidade das cenas transformam estas páginas em algo parecido com os filmes de Quentin Tarantino. Não sabendo o que se passa antes, ficamos no entanto a saber que está tudo de alguma forma interligado. Atenção, pois, ao final. Matiné funciona como um cartão de visita dos gémeos Magno e Marcelo Costa e seus convidados: Marcio Moreno, Magenta King e Dalts. Tudo boa gente da nova geração de autores da banda desenhada brasileira.