A revista mensal Hiper Disney inicia o seu Ano III com o 25.º número. Uma sinopse da editora e diversos previews podem ser visionados aqui. Entretanto, irei destacar algumas das BD que a revista contém.

A História diz-nos que Zenóbia foi a rainha do Império de Palmira (província da Síria Palestina, Egito e porção de Anatólia) entre 267 e 274. A sua reputação como uma bela guerreira, a par da escultura e pintura, tem sido abordada em diversas óperas e obras literárias.

Romano Scarpa também criou uma personagem denominada Zenobia no universo Disney, a soberana de um pequeno estado africano. A sua primeira aparição deu-se em 1983 em Mickey e a Rainha de África (publicada na Hiper Disney #13), na qual tenta fazer de Pateta o seu consorte. Abandonando o trono, revemos Zenóbia, agora a habitar a mesma cidade que Mickey e Pateta, em Mickey e as Rãs Saltadoras (publicada na Disney BiG #2) e na Hiper Disney #25 é finalmente publicada a terceira BD, Mickey e a Trama dos Bastidores, onde Scarpa continua a desenvolver a personagem (entretanto, tornou-se uma atriz de gabarito internacional) e a relação amorosa de Zenobia e Pateta, a qual, aos poucos, vai caminhando no sentido de uma forte amizade. Apesar de Zenobia surgir noutras BD, estas três constituem a trilogia das histórias em que é protagonista. Inclusivamente, os leitores poderão encontrá-la na penúltima BD para a qual foi escalada (em 2012, por Giorgio Salati e Stefano Intini), em Pateta online – Férias solitárias no verdadeiro quem é quem que é a página 60 da Disney Comix #25.

Um clássico de Guido Martina e Romano Scarpa é a terceira BD de Superpato, denominada Superpato Volta a Atacar. É uma BD do período de criação do alter ego do Donald, no qual era suposto ser mais um anti-herói (à semelhança de Diabolik) do que um super-herói, como se veio a tornar nas sucessivas abordagens. Cronologicamente, esta BD tem lugar entre A Vingança do Superpato e O Duplo Triunfo do Superpato, ambas publicadas na Disney Especial #11 – Super-Heróis. Inclusivamente, após a leitura de Superpato Volta a Atacar na Hiper Disney #25, recomendo a releitura de O Duplo Triunfo do Superpato, na qual existem referências a esta BD.

Em 1948, George Orwell escreveu 1984, uma obra que se converteu num dos romances distópicos clássicos. Este livro tem tido um enorme impacto popular, que não se tem diluído com o tempo. Além dos conceitos e terminologias apreendidos, a obra tem sido referenciada inúmeras vezes nas diferentes formas de arte e pela indústria de entretenimento, tendo sido adaptada ao cinema por Michael Anderson em 1956 e Michael Radford em 1984. A edição atual do livro em Portugal é da Antígona. Em Tio Patinhas e o Grande Pato, Nino Russo e Corrado Mastantuono adaptam com mestria “o grande irmão” ao universo dos patos.

O último grande destaque vai para a BD Do Lado Errado, da autoria de Tito Faraci e Paolo Mottura, na qual o Mickey é colocado numa situação pouco habitual. Em nome da longa relação com Bafo-de-Onça (embora de inimizade), vai tentar salvar o inimigo, que se encontra preso e alvo de uma injusta incriminação no corrupto Puerto Salado. Para fugirem do país, terão de aprender a confiar um no outro.

A Hiper Disney #25 chega às bancas no dia 19 de dezembro.

Boas leituras e até breve!

Tio Nuno