zombieO mais recente álbum de banda desenhada de Marco Mendes narra 24 horas na vida de uma personagem, sendo passada entre a Figueira da Foz e o Porto. O protagonista de Zombie é o autor, surgindo nas suas páginas muitos dos seus amigos e artistas portuenses.

Apesar de se tratar de uma obra de ficção, esta obra editada pela Mundo Fantasma, contém diversos elementos autobiográficos. Segundo o autor, um dos temas da obra é como “uma comunidade de jovens artistas encontra estratégias para viver no presente, nestes tempos de austeridade e luta diária”.

zombie1A edição é acompanhada pelo texto do francês Samuel Buton “quando Eu For Grande”.

A exposição referente à obra está patente na Biblioteca Almeida Garrett, no Palácio de Cristal, no Porto, até  11 de janeiro.