No início de 1992, chegava às bancas nacionais mais uma minissérie da brasileira Editora Abril dedicada a Batman, ou mais propriamente a Um Conto de Batman. De seu título Gótico, tinha como autores Grant Morrison e Klaus Janson. Ao invés de uma série única, a editora optou por publicar no formato de minisséries semanais as bandas desenhadas retiradas da revista norte-americana Batman: Legends of the Dark Knight, as quais eram impressas num formato 17 x 26 cm e um papel superior ao utilizado nas publicações mensais. Gótico é agora editada em português europeu pela Levoir na coleção dedicada aos 75 anos da icónica personagem, em distribuição com o semanário SOL.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão e com dimensões mais generosas.

Eis a sinopse da editora:
Batman, o Cavaleiro das Trevas, alimenta-se do medo, superstição e terror que inspira nos criminosos. Mas em Gótico os papéis invertem-se e será confrontado com um inimigo capaz de inspirar um terror ainda maior. Enquanto estranhos pesadelos sobre a sua infância atormentam Bruce Wayne, o Homem-Morcego terá de confrontar uma misteriosa e sobrenatural figura que iniciou uma vingança terrível contra os chefes do crime da cidade, o terrível Sr. Whisper… as investigações do Batman irão revelar uma história vinda de um passado distante, um pacto Faustiano que lembra o de Don Giovanni, e um segredo que envolve a catedral de Gotham. Secundado pelo traço excepcional de Klaus Janson, Grant Morrison regressou ao universo do Batman neste volume que o confirmou com um dos maiores argumentistas da DC Comics. Depois do sucesso de Asilo Arkham, esta foi a primeira história do Cavaleiro das Trevas que o argumentista escreveu, e que foi originalmente publicada nos números 6 a 10 da revista Legends of the Dark Knight em 1990.

nota: as imagens foram gentilmente cedidas pela editora.