Um ano após o terceiro volume, a Planeta Manuscrito finaliza a publicação da adaptação da norte-americana Dynamite para BD do primeiro livro da mais conhecida saga de George R.R. Martin. Adaptada à televisão com o título do primeiro livro da série literária, A Guerra dos Tronos rapidamente deu origem a uma franchise com direito a jogos de cartas e de tabuleiro, RPG, videojogos, merchandise e a outros trabalhos, entre os quais a banda desenhada.

Na BD, surgiram dois trabalhos distintos. Por um lado, foram editadas as duas bandas desenhadas que adaptaram os dois primeiros livros do spin-off Histórias de Dunk e Egg (O Cavaleiro de Westeros e A Espada Ajuramentada, editados nos EUA pela Marvel e em Portugal pela Saída de Emergência). Por outro, a Dynamite realizou a adaptação do primeiro livro, com o argumento de Daniel Abraham e os desenhos de Tommy Patterson.

A adaptação da Dynamite foi originalmente publicada sob a forma de revista periódica de BD, sendo compilados os 24 números ao longo do tempo em 4 livros. Durante cerca de 3 anos (21 de setembro de 2011 a  30 de julho de 2014), os leitores norte-americanos puderam apreciar esta adaptação do livro, sendo um dos seus objetivos ser mais fiel aos escritos de Martin do que a série televisiva.

A Planeta edita em Portugal o último volume cerca de um mês após o livro em capa dura ter sido publicados nos EUA, como tem sido habitual. Para além dos fãs da franchise e apreciadores de banda desenhada em geral, esta série de BD talvez se destine àqueles que não leram a obra original, uma vez que o seu valor narrativo acrescido relativamente aos produtos já existentes é limitado. Fica, contudo, a questão sobre a sua pertinência. Se o início da publicação da série de banda desenhada se iniciou pouco depois da estreia televisiva, quando findou já a quarta temporada televisiva havia terminado. Ou seja, enquanto se produziram 40 episódios televisivos baseados nos primeiros 4 livros, foram publicadas as 24 revistas dedicadas ao primeiro livro, o que corresponde de uma forma não muito específica à primeira temporada televisiva de 10 episódios.

Se é verdade que a banda desenhada deveria ser valorizada independentemente da série literária e televisiva, o desfasamento temporal entre a BD e “atualidade televisiva” e mediática (os órgãos de comunicação social têm dedicado muito espaço à série da HBO), poderá provocar nos leitores uma sensação de anacronismo, não sendo a BD uma fonte de informações relevantes, apesar das diferenças, para além do que é transmitido na televisão (ao contrário, por exemplo, de The Walking Dead, em que a série televisiva tem uma cronologia anterior à BD publicada nos EUA).

Talvez, por essa razão, finda a adaptação do primeiro volume dos cinco já publicados da heptalogia anunciada, não se prosseguiu. E talvez, atualmente, por essa mesma razão, a BD se dirija principalmente não aos fãs da saga, mas aos leitores de BD com curiosidade em saber como o livro de Martin foi transposto para banda desenhada.

Eis a sinopse da editora:
Chega agora mais um livro da aclamada série da adaptação em banda desenhada de A Guerra dos Tronos, a quarta parte da saga best-seller em todo o mundo, que conta com quatro volumes. Este quarto livro finaliza o primeiro volume da série. George R. R. Martin junta-se ao conhecido romancista Daniel Abraham e ao ilustrador Tommy Patterson para dar uma nova vida à obra-prima da fantasia heróica A Guerra dos Tronos, como nunca foi visto em graphic novels a cores, dando uma visão única do mundo idealizado por Martin.

192 páginas
PVP: 17,95€