volta_capa

“os fantasmas irrompem por cada esquina e algures na floresta… há uma sombra que se move.”

Para os que não tiveram oportunidade de ouvir a 49.ª edição do programa radiofónico Bandas, relembramos que está disponível nas livrarias o primeiro volume de Volta, da autoria de André Oliveira e André Caetano. Mais centrado na autodescoberta e na relação do eu com os demais do que nos componentes fantásticos com os quais se mesclam, trata-se de uma das obras que integrou a nossa pequena listagem de Melhores LeR (Leituras e Releituras) de julho deste ano.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:
Um estranho e misterioso ciclista chega sem saber como a Reste du Monde, uma aldeia parada no tempo e aterrorizada por ameaças tenebrosas. As suas memórias são escassas, não traz consigo muito mais do que a bicicleta, mas com o intuito de colocar as ideias no sítio certo e recuperar parte do que perdeu, aceita ficar e deparar-se com uma sociedade isolada, com regras e leis muito próprias. À medida que os dias passam, o “Campeão”, como começam a chamar-lhe os habitantes do vale, percebe mesmo que é em si depositado o peso da salvação, apesar de mal conseguir salvar-se a si próprio. As suspeitas florescem, a morte espreita entre os arbustos, os fantasmas irrompem por cada esquina e algures na floresta… há uma sombra que se move.
André Oliveira nasceu em Lisboa, em 1982. Licenciado em Design de Comunicação pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, é hoje copywriter na agência Fuel Design. Foi co-editor da antologia Zona, editor de BD da Revista Freestyle e comissário da Trienal Movimento Desenho 2012, tendo organizado o evento BD ao Forte. Escreveu os livros de BD “HAWK” (ilustrado por Osvaldo Medina, Kingpin Books), “Casulo” (ilustrado por vários autores, Kingpin Books), “Tiras do Baralho!” (ilustrado por Pedro Carvalho, El Pep), os quatro primeiros números da série “Living Will” (ilustrados por Joana Afonso e Pedro Serpa, Ave Rara) e o primeiro da série “Gentleman” (ilustrado por Ricardo Reis, Ave Rara). Actualmente, edita curtas de Banda Desenhada na revista CAIS, faz parte do colectivo The Lisbon Studio e está a trabalhar em diversos projectos editoriais com vários ilustradores.
André Caetano nasceu em Coimbra, em 1983. Licenciado em Design de Comunicação pela Escola Universitária de Artes de Coimbra, é hoje freelancer em ilustração e design gráfico. Tem ilustrado para editoras como a Porto Editora, Edições Asa, GATAfunho, Calendário de Letras, Minerva Coimbra, Lápis de Memórias entre outras. Destaca-se a obra “Sem Palavras” (escrita por Eugénio Roda, Porto Editora), que foi seleccionada para fazer parte dos “100 Livros do Futuro”, em exposição na Feira do Livro Infantil de Bolonha, quando Portugal foi o país convidado. Ilustrou os livros de BD “Trabalhadores do Comércio” (co-ilustrado por Pedro Pires, escrito por Hugo Jesus, Tugaland), e a obra “Uma Aventura Estaminal”, (escrita por João Ramalho Santos, Imprensa da Universidade de Coimbra). Actualmente, continua a desenvolver projectos na área da ilustração, design e banda desenhada para diversos clientes.