No dia 3 de setembro, a partir das 19h00, a Abysmo Galeria inaugura a exposição 220 volts com pinturas originais de Lewis Talma.

Lewis Talma (1965, Newark, New Jersey, USA) é um artista multifacetado que constrói através da desconstrução. As suas “instalações úteis” nasceram da notícia que dava conta de uma funcionária de limpeza da Tate Modern, em Londres, que tinha aspirado por engano uma instalação. Porque não utilizar uma instalação a partir da qual a funcionária poderia aspirar? Assim surgiu a primeira peça concebida para a série Electric Stricto Sensu, da qual estará exposta uma pequena parte na Abysmo Galeria, e que logo fez furor no meio underground nova-iorquino. Trata-se de um conjunto de acrílicos sobre tela, incorporando fios eléctricos que se ligam à tomada (detalhes nas fotos), alguns deles com electrodomésticos acoplados. Tudo funciona e com dois anos de garantia, um conceito novo no mundo da arte. A primeira exposição de Lewis Talma a 220 VOLTS (nos Estados Unidos da América, a corrente eléctrica é de 110 volts). O dobro da responsabilidade, como afirma com peculiar sentido de humor. Uma exposição de choque.

A exposição estará patente até 11 de setembro.

Lewis Talma: 220 Volts
3 – 11 setembro (2.ª – 6.ª f.ª: 11-13h00; 15-19h00)
Abysmo Galeria
R. Horta Seca, 40 – R/C
1200-221 Lisboa