O décimo volume da coleção Levoir/Público Poderosos Heróis Marvel intitula-se Ilha da Morte, sendo protagonizado por Wolverine e reproduzindo as revistas norte-americanas Savage Wolverine #1-5. Atendendo a que a revista brasileira que contém estas histórias não foi exportada para Portugal, é a primeira vez que este material é distribuído em língua portuguesa no território nacional.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:
WOLVERINE – ILHA DA MORTE
Frank Cho (argumento e arte)
«Wolverine acorda um dia na Terra Selvagem, onde contando apenas com a ajuda de Shana, a mulher-diabo, vai ter de enfrentar dinossauros, as tribos selvagens da ilha, gorilas gigantes e uma ameaça mortal vinda dos confins da galáxia. As coisas parecem ficar mais equilibradas quando o incrível Hulk se junta ao combate. Mas será que ele veio como aliado, ou como inimigo? Frank Cho é um dos mais populares desenhadores americanos da actualidade, e empresta o seu traço único e sensual a esta história épica, onde a natureza é luxuriante, os cenários grandiosos, as mulheres são belas e os dinossauros assustadores…
Para além de proporcionar aos leitores portugueses serem apresentados a heróis cujas histórias são inéditas no nosso país (caso da Viúva Negra ou do Homem-Formiga, p.ex.), a colecção Poderosos Heróis Marvel vai permitir também tomar contacto com a obra de autores pouco conhecidos dos fãs e cujo trabalho para a Casa das Ideias continuava inédito em Portugal. É o caso de Frank Cho, o autor do volume que chega às bancas esta quinta-feira, protagonizado pelo mais popular dos mutantes da Marvel, o Wolverine.
Nascido em 1971 em Seul, na Coreia do Sul, Frank Cho foi para os Estados Unidos quando tinha seis anos. O ilustrador de origem coreana começou a sua carreira na BD em inícios da década de 90, com a tira de imprensa University 2 para o jornal da Universidade de Maryland, onde estudou. Depois de se formar, decidiu continuar a trabalhar com as personagens de University 2, transformando-as em animais, e passando a acção para um santuário animal. Nascia assim Liberty Meadows, série de tiras publicada em jornais durante cinco anos, até Cho se fartar da censura do editor e da pressão de produzir uma tira diária e decidir continuar a série, editando-a ele próprio em formato comic, com total liberdade.
Embora nesta fase já fizesse capas ocasionalmente para a Marvel e outras editoras, foi o seu trabalho na série Liberty Meadows que levou o editor Axel Alonso a convidá-lo a desenhar uma mini-série de Shanna the She-Devil (uma versão feminina de Tarzan) para a Casa das Ideias. Um convite que lhe permitiu desenhar as duas coisas de que mais gosta: aventuras na selva e mulheres sensuais. Finalmente, em 2013, um novo convite de Axel Alonso para escrever e desenhar a nova revista Savage Wolverine, deu a Cho a oportunidade de regressar à aventura em cenários exóticos, com dinossauros e gorilas gigantes, com total liberdade e autonomia, com a história que preenche o próximo volume da colecção Poderosos Heróis Marvel.
Com base numa mistura de ingredientes em que pensava já há anos – aventuras na selva, King Kong, os mitos de Cthullu de Lovecraft, mulheres sensuais pouco vestidas, Indiana Jones, e assim por diante – Frank Cho constrói uma aventura clássica em cenários exóticos, com dinossauros, mulheres tão belas como perigosas, com muita acção, humor e um toque de erotismo elegante. Com uma planificação dinâmica e de grande eficácia, e um traço tão elegante como sensual, Frank Cho mostra bem toda a sua qualidade como desenhador, tanto nas cenas de acção, como nos momentos mais calmos, brilhando a grande altura nas imagens de página dupla, que resultam em composições espectaculares. Este volume é complementado por uma excelente galeria de capas alternativas de alguns dos maiores artistas de comics modernos, e com um caderno de esboços preparatórios do próprio Frank Cho.
Wolverine: Ilha da Morte
136 páginas a cores, formato comic, capa dura.»