O autor português de banda desenhada António Jorge Gonçalves, após Barriga da Baleia, regressa com um novo livro infantil ilustrado, denominado Eu Quero a Minha Cabeça! Editado pela Pato Lógico, esta nova narrativa explora não só a expressão “perder a cabeça” (que se inicia de imediato na capa com a projeção da cabeça durante um baloiçar numa “árvore-cérebro”), mas também a teimosia e a denominada “fase do não” das crianças. Para crianças que gostam de andar de baloiço e adultos que perdem a cabeça por álbuns ilustrados.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:
Céu é uma menina que gosta muito de andar de baloiço. Um dia, quando o pai a chamou para casa, disse “Não” com tanta força que a sua cabeça saltou e voou para longe. Com a ajuda de uma gaivota, Céu sobe a montanha em busca da cabeça perdida. Depois de “Barriga da Baleia”, António Jorge Gonçalves apresenta uma nova aventura num ambiente fantástico, que recupera o tom dos contos clássicos e intemporais.
O trabalho de António Jorge Gonçalves envolve ilustração editorial, performance visual e cartoons políticos. Fez direção visual em várias peças de teatro, entre as quais O que diz Molero e Arte (encenações de António Feio) e Como fazer as coisas com palavras (com Ricardo Araújo Pereira). É cartoonista do suplemento O Inimigo Público. Ilustrou o livro Irmão Lobo de Carla Maia de Almeida, publicado em 2013 pelo Planeta Tangerina. Criou o projecto Subway Life, desenhando pessoas sentadas nas carruagens do Metro de muitas cidades do mundo. Em 2014, recebeu o Prémio Nacional de Ilustração, pelo livro Uma Escuridão Bonita, com texto de Ondjaki.

Formato: 22 x 28 cm
ISBN: 978-989-99446-3-3
Páginas: 40
Capa: dura
Preço: 13,90 €

Veja o vídeo realizado por Jaime Ferraz e André Letria:

Informa-se ainda que no dia 28 de novembro ocorrerá uma apresentação do livro e sessão de autógrafos na Fnac Chiado, pelas 16h00. Neste espaço estará patente uma exposição das ilustrações de António Jorge Gonçalves, dos títulos “Eu quero a minha cabeça!” e “Barriga da Baleia” (White Ravens 2015, nomeado Prémios Amadora BD), a partir de 7 de novembro.