NunskyA 32.ª publicação da MMMNNNRRRG é a mutável Mesinha de Cabeceira #27, desta vez subintitulada XXXmas Special. Na verdade, é uma obra a solo de Nunsky, intitulada Nadja – Ninfeta Virgem do Inferno. Esta trindade é transposta no design de Joana Pires, com a capa a evocar duplamente o fanzine com 24 anos de existência e a banda desenhada de Nadja, enquanto a lombada se dedica exclusivamente ao cardinal de publicações da editora.

Esta publicação foi lançada no passado dia 17 de dezembro, em Lisboa, com a presença da homónima banda canadiana de drone metal/post-metal Nadja.nadja17dezembro_web
Após o registo a preto e branco de Erzsébet, que galardoou Nunsky com o Prémio Nacional de Banda Desenhada Amadora BD 2015 de Melhor Desenho para Álbum Português, o autor regressa a uma temática demoníaca – desta feita mais expressa que evocada – mas com uma palete de cores, cujos tons saturarão a visão dos mais incautos.

Tal como outras publicações da MMMNNNRRRG e outras editoras, a publicação surge sem ISBN, ante a nova política de cobrança do mesmo, veiculando inclusivamente na ficha técnica uma mensagem dirigida à APEL sobre tal assunto.

Eis a sinopse da editora:
NUNSKY (1972) é um criador nortenho que participou no zine o Mesinha de Cabeceira. Assinou o número treze por inteiro, um número comemorativo dos 5 anos de existência do zine e editado pela Associação Chili Com Carne. Essa banda desenhada, intitulada 88, pode ser considerada única no panorama português da altura (1997) mas também nos dias de hoje, pela temática psycho-goth e uma qualidade gráfica a lembrar os Love & Rockets ou Charles Burns. O autor desde então esteve desaparecido da BD, preferindo tornar-se vocalista da banda The ID’s cujo o destino é desconhecido.
Nunsky foi um cometa na BD underground portuguesa e, como sabemos, alguns cometas costumam regressar passado muito tempo… Em 2014, o regresso deste autor foi feito com o romance gráfico Erzsébet (Chili Com Carne), 144 páginas que registam a brutalidade da Erzsébet Bathory, a infame condessa húngara que assassinou centenas de jovens na demanda da eterna juventude. O livro venceu o Melhor Desenho do Festival de BD da Amadora em 2015.
Em 2015, Nunsky apresenta-nos este Nadja – Ninfeta Virgem do Inferno… verdadeiro deboche gráfico anti-cristão para quem curte bandas de Hair Metal de Los Angeles dos 80, fãs distópicos do RanXerox e revivalistas da heroína. A MMMNNNRRRG nunca deseja “Feliz Natal” aos seus amigos mas com a Nadja até… ehhh.

Mesinha de Cabeceira #27 – XXXmas Special: Nadja – Ninfeta Virgem do Inferno
Nunsky
44 páginas a cores
16x23cm
Depósito legal: 402098/15
PVP: 9,5€

Nadja mesinha contra K

nota: imagens cedidas pela editora.