A primeira Hiper Disney de janeiro apresenta o aguardado regresso da subsérie X-Mickey, com histórias de Francesco Artibani, Silvio Camboni, Augusto Macchetto, Stefano Turconi e Stefano Ambrosio. Mas os fãs incondicionais das novas aventuras do Superpato – PKNA (de Tito Faraci, Lorenzo Pastrovichio e Silvia Ziche) – e d’ As Histórias da Baía também não foram esquecidos… E os leitores que apreciam os melhores clássicos podem ainda ler 2 longas bandas desenhadas, Tio Patinhas e o Túnel da Mancha e Donald e o Tirano do Norte. Ambas desenhadas por Romano Scarpa, a última tem argumento do próprio Scarpa, enquanto o argumento da primeira compete a Guido Martina.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:
O inverno não dá tréguas e o frio faz-se sentir! Até o Pateta já percebeu isso e fez questão de se agasalhar bem e dar guarida aos seus pequenos amigos, que partilham com ele o protagonismo da capa! E como este tempo parece estar a pedir um bom temporada passada no conforto do sofá e das mantas, quiçá ao pé do calor de uma lareira acesa, aconselhamos a leitura de uma daquelas histórias de arrepiar, para partilhar com os amigos e pregar alguns sustos! Falamos de Décimo terceiro andar! Uma coisa é certa… Vai acabar tudo, garantidamente, numa grande gargalhada! Afinal, não é nosso objetivo causar nenhum Trauma… Apesar de ser esse o título da próxima história em destaque! Está em causa o regresso do Superpato e das suas novas histórias, na procura da vitória, na eterna batalha contra os Evronianos! E não é só deste grande regresso que se vai fazer mais uma memorável Hiper! Temos o regresso dos mais intrépidos marujos, que se aventuram mar dentro, apesar das atuais condições adversas! Claro que, por vezes, o mais seguro é mesmo ficar pela baía. Tudo isto depende de previsões… Imprevistas! Parece ser esse o caso, não fosse o título da próxima história: As histórias da baía – A previsão imprevista! E mantendo a temática da água, a última mirabolante história que destacamos vai começar numa disputa que em tudo está relacionada com a mesma! Em Patópolis, o Patacôncio decide investir no negócio das águas e, ele mesmo, vai fazer a cobrança respeitante ao consumo do Tio Patinhas, em plena Caixa-forte! Orgulhoso (e sovina) como é, o tio mais avarento da cidade, decide que não tem que pagar pelo bem precioso e decide dessalinizar a água do mar, a partir de um ilhéu! O problema é que… O Patacôncio argumenta que esse terreno lhe pertence por direito! Como acabará este imbróglio??? Isso só poderás saber se leres Tio Patinhas e o Túnel da Mancha! Que épico!

nota: imagens cedidas pela editora.

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.