A Tertúlia BD de Lisboa que tem lugar no dia 1 de março, a primeira terça-feira do mês, conta desta vez com Tiago Bulha como Convidado Especial.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a autobiobibliografia do autor:
O meu nome é Tiago Bulha. Nasci em 1984 e sou natural de Faro. Desde pequeno que adoro o mundo fantástico do cinema, banda desenhada e videojogos. Adoro também ler, ouvir música e viajar sendo estas umas das minhas grandes fontes de inspiração.
Não me considero um ilustrador, ou um escritor, ou outro título qualquer que seja mais específico. Gosto de fazer um pouco de tudo, escrever, desenhar, fotografar, realizar vídeos, já experimentei mesmo até compor musica e anotar melodias que me vêm à mente. No fundo adoro todos os elementos criativos que possam contribuir para criar uma boa história e como temáticas gosto sobretudo de ficção, aventura, fantasia e acção.
Comecei desde tenra idade como brincadeira a desenhar várias bandas desenhadas e a escrever histórias, e chegando mesmo a criar alguns jogos de computador por diversão. Sendo autodidacta por natureza e tendo um gosto por aprender em geral levou-me a ir experimentando diversas áreas desde estudos de música, ciências, desenho e ilustração, fotografia e vídeo, e até mesmo desporto e danças. Estudei arquitectura no Instituto Superior Técnico mas sempre com o intuito de um dia vir a ter tempo de poder trabalhar nas minhas próprias histórias. Mais tarde estudei 3D e animação, tendo mesmo estagiado nesta área e continuando até hoje em dia a realizar trabalhos como freelancer.
Recentemente tenho trabalhado em colaboração com Marta Patalão, tendo escrito as histórias Ikarya e The Opal Flame, tendo esta ultima sido publicada na revista italiana Nuname #3 e lançada no Lucca Comics and Games 2015. Encontro-me de momento a continuar a trabalhar em equipa num novo capítulo do mundo de Opal Flame e outras histórias que já comecei a criar há uns anos e a visionar mundos fictícios e fantásticos.

381.º Encontro da Tertúlia BD de Lisboa
1 de março
Casa do Alentejo
R. Portas de Santo Antão, n.º 58
Lisboa

nota: imagens cedidas pela organização.