Segredo de Coimbra

Colocado à venda nas lojas da Universidade de Coimbra no início de maio, a reedição de O Segredo de Coimbra de Étienne Schréder pela G.Floy irá ser alvo de apresentação no próximo dia 22 no Museu da Ciência da Universidade de Coimbra, pelas 15h00, com a presença do autor.

Esta sessão será seguida da inauguração da exposição de originais, pelas 16h00, e de uma sessão de autógrafos.

Esta reedição é realizada em três versões linguísticas diferentes (português, inglês e francês) e apresenta um formato menor que as anteriores edições da Asa. O papel utilizado é de 150 gramas e inclui a banda desenhada curta Metamorfoses, com argumento de João Miguel Lameiras e João Ramalho-Santos e ilustrada por Étienne Schréder, a qual tinha já conhecido publicação no fanzine Juvebêdê #31 mas mantinha-se inédita em álbum.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:
Obcecado por uma misteriosa anamorfose que o trouxe a Coimbra, o doutor Roland Buisen conduz o nosso olhar pelas ruas da Alta desta cidade, classificada como Património Mundial pela UNESCO em 2013. Seguindo os seus passos, atravessamos o Largo da Feira, passamos pela Sé Nova, entramos no Colégio de Jesus e chegamos ao Gabinete de Física do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra, criado no séc. XVIII durante a Reforma Pombalina e classificado recentemente como Sítio Histórico pela Sociedade Europeia de Física. Será nestas salas quase esquecidas, onde lenda e ciência se misturam, que se desvendará finalmente o mistério do príncipe D. Rafael e do estranho retrato que desencadeou a viagem de Roland Buisen.

O Segredo de Coimbra é uma história de banda desenhada que, para além de ser uma bela homenagem ao espólio do Gabinete de Física (hoje integrado no Museu da Ciência da Universidade de Coimbra), é o verdadeiro retrato, não só de Coimbra, como da Universidade em geral, e da própria condição portuguesa; feita de grandiosidade, potencial, e ilusões. Idealizado por ocasião da exposição Os mecanismos do Génio (realizada em Charleroi no âmbito da Europália, dedicada a Portugal em 1991, uma mostra que colocaria em primeiro plano a coleção de instrumentos do Gabinete de Física da Universidade de Coimbra), este álbum foi editado na Bélgica para acompanhar a exposição, e foi considerado por muitos visitantes como um relato histórico, e não ficção…

O Segredo de Coimbra conheceu edição portuguesa em 1997, por iniciativa da Fundação Calouste Gulbenkian, e uma reedição, anos mais tarde, por ocasião da exposição Coimbra na Banda Desenhada, no âmbito de Coimbra 2003, Capital Nacional da Cultura, que trouxe Étienne Schréder de volta a Coimbra, e aos instrumentos que tinha incluído na sua história.

A reedição deste livro pela G.Floy, em exclusivo para a Universidade de Coimbra, coincide com as comemorações dos 726 anos da Universidade: 726 anos passaram desde a assinatura do Scientiae thesaurus mirabilis. Graças ao Rei D. Dinis, o documento fundador da UC já continha em si a palavra CIÊNCIA, um dos temas fundamentais da história. Esta nova edição inclui um conjunto de textos de apoio adicionais, bem como uma história inédita em álbum inspirada pela mesma temática, desenhada por Étienne Schréder, com argumento de João Ramalho Santos e João Miguel Lameiras (e inclui o papel espelhado essencial para visualizar as anamorfoses que o livro inclui).

Étienne Schréder, desenhador e argumentista, nasceu em 1950 em Bruxelas. Publicou as suas primeiras histórias de BD aos 40 anos, na revista (A SUIVRE). Antes disso, viveu um percurso profissional e humano particularmente caótico. Contou essa primeira parte da sua vida num romance gráfico, Amères Saisons (Estações Amargas). Para além dos seus álbuns pessoais, publicados na Casterman e na Glénat, participa ativamente no desenho das aventuras de Blake e Mortimer. Desde o ano de 2008 que descobriu uma verdadeira paixão pelo ensino da BD em Argel e na Havana. O Segredo de Coimbra foi o seu primeiro álbum.

Sessão de apresentação do livro no Museu da Ciência da Universidade de Coimbra, dia 22 de Junho, às 15h00, por João Ramalho Santos, João Miguel Lameiras e José de Freitas (editor), com a presença do autor Étienne Schréder.
Inauguração da exposição O Segredo de Coimbra, às 17h00, com a presença do autor, Étienne Schréder.

O SEGREDO DE COIMBRA
Étienne Shréder
64 páginas, cor, capa dura.
PVP: 12,5€
ISBN: 9788416510115
Disponível também nas versões francesa e inglesa.
À venda na loja da Universidade.

Eis a divulgação da apresentação da obra pelo Museu da Ciência da Universidade de Coimbra:

A Universidade de Coimbra (UC) é, desde Outubro de 2015, membro da Associação de Cidades e Entidades do Iluminismo. De facto, o Século das Luzes é um período brilhante para a UC e as suas colecções científicas são disso testemunha.

A história de O Segredo de Coimbra passa-se em 1774. A UC teve a sua reforma em 1772, no âmbito da qual foi criado o Gabinete de Física Experimental que serviu de inspiração a esta história de ficção.

D. Rafael, por recomendação do seu Mestre, vivia rodeado dos belos instrumentos científicos que hoje podemos visitar no Gabinete de Física da UC. Neste livro encontramos, entre outros, o banco de óptica, o centauro de Vandelli, o modelo de arcos de ponte, a anamorfose do fumador e o equilibrista, que se encontram no Gabinete de Física da UC classificado como Sítio de Interesse Histórico pela Sociedade Europeia de Física.

Já Roland Buisen, o Doutor em Leis que nesta história vem de Charleroi para Coimbra guiado por uma gravura misteriosa do Século XVIII, conduz o nosso olhar pelas ruas da Alta de Coimbra, classificada como Património Mundial pela UNESCO em 2013. Seguindo os seus passos encontramos o Largo da Feira, a fachada da Sé Nova, a entrada e a escadaria principal do Colégio de Jesus.

A reedição deste livro de banda desenhada, da autoria de Étienne Schréder, coincide com as comemorações dos 726 anos da Universidade de Coimbra: 726 anos passaram desde a assinatura do Scientiae thesaurus mirabilis. Graças ao Rei D. Dinis, o documento fundador da UC já continha em si a palavra CIÊNCIA.

Esta nova edição inclui um conjunto de textos de apoio adicionais, bem como uma história inédita em álbum inspirada pela mesma temática, desenhada por Étienne Schréder, com argumento de João Ramalho-Santos e João Miguel Lameiras. Apresentação por João Ramalho-Santos, João Miguel Lameiras e José de Freitas (editor), com a presença do autor Étienne Schréder.

segredocoimbra_exposição

Eis a divulgação da exposição pelo Museu da Ciência da Universidade de Coimbra:

O SEGREDO DE COIMBRA, uma história em banda desenhada, chega ao Museu da Ciência na sua forma primordial, através de pranchas e esboços originais que nos transportam para o tesouro escondido no Gabinete de Física da Universidade de Coimbra. A coleção de instrumentos deste Gabinete, criado durante a reforma Pombalina no século XVIII, é uma das mais notáveis da Europa. Estas máquinas, que chegaram ao Gabinete ao longo de mais de dois séculos, são hoje verdadeiras obras de arte.

O SEGREDO DE COIMBRA apresenta, através da obra homónima de Étienne Schréder, uma homenagem a este espólio e à Universidade de Coimbra, por ocasião do terceiro aniversário da classificação da Universidade de Coimbra–Alta e Sofia como Património Mundial pela UNESCO.

Exposição temporária: 22 de Junho (inauguração às 16h00) a 2 de Outubro de 2016

segredocoimbra_uiversidade

nota: images cedidas pela editora.