Bryan TalbotO quinto volume da segunda série Novela Gráfica da editora Levoir, distribuído com o jornal Público, intitula-se A História de um Rato Mau, sendo da autoria de Bryan Talbot.

A editora ressalva que se trata de uma história que mistura o universo fantástico da escritora e ilustradora Beatrix Potter, com a realidade nua e crua do abuso de menores, numa história tocante. Trata-se de um dos mais celebrados trabalhos do inglês Bryan Talbot (Grandville), galardoado com o Prémio Eisner para a Best Graphic Novel, aquando da sua primeira reedição, em 1996.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

A História de um Rato Mau é considerado o seu melhor livro. Helen Potter, uma jovem vítima de abuso sexual, empreende uma viagem de descoberta pela Inglaterra, seguindo os passos da célebre autora de livros infantis, Beatrix Potter, na esperança de reencontrar a paz…neste diálogo entre duas épocas e duas Potter, Helen irá descobrir a verdadeira força interior com que confrontará os seus demónios pessoais, numa história de heroísmo e coragem.

Bryan Talbot é um dos grandes autores britânicos. Iniciou a sua carreira nos comics underground, quando ainda estudava no liceu. Depois de colaborar em várias revistas inglesas de BD, tem trabalhado também para o mercado americano, ilustrando histórias para as mais emblemáticas séries de comics, como The Sandman, Hellblazer ou Fables. É igualmente um argumentista conceituado e criador de duas grandes séries, Luther Arkwright e Grandville.

AF_NOVELAS_GRAFICAS_2016_ 5_fv

Volumes já publicados na coleção:
1.- V de Vingança – Alan Moore & David Lloyd
2.- Terra de Sonhos – Jiro Taniguchi
3.- Presas Fáceis – Miguelanxo Prado
4.- A Dança das Andorinhas – Zeina Abirached

Volumes a publicar na coleção:
6.- A Garagem Hermética – Moebius
7.- Parque Chas – Ricardo Barreiro e Eduardo Risso
8.- Fax de Sarajevo – Joe Kubert
9.- Valentina – Guido Crepax
10.- Daytripper – Fábio Moon e Gabriel Bá
11.- Luna Park – Kevin Baker e Danijel Zezelj
12.- Fogos e Murmúrios – Mattotti e Kramsky
13.- O Inverno do Desenhador – Paco Roca
14.- A Asa Quebrada – António Altarriba e Kim
15.- Os Exércitos do Conquistador – Jean-Claude Gal e Jean-Pierre Dionner

nota: imagens cedidas pela editora.