ValentinaO nono volume da segunda série Novela Gráfica da editora Levoir, distribuído com o jornal Público, intitula-se Valentina, sendo da autoria de Guido Crepax.

A personagem Valentina foi criada em 1965, sendo uma personagem secundária que surge na terceira parte da BD de ficção científica Neutron: La curva di Lesmo, publicada na revista mensal Linus, fundada em abril desse ano por Giovanni Gandini e publicada pela Milano Libri.

Valentina Rossini rapidamente passou a ser protagonista das suas próprias histórias de banda desenhada, sendo hoje considerada um clássico do erotismo italiano na BD. A personagem está presente em mais de 70 histórias de BD publicadas ao longo de 30 anos. O seu sucesso deu origem ao filme Baba Yaga, realizado em 1971 por Corrado Farina e interpretado pela francesa Isabelle de Funès.

Entre 1989 e 1990 foram transmitidos no canal Italia 1 os 13 episódios da série televisiva Valentina, baseados nas histórias de Guido Crepax, adaptados por Gianfranco Manfredi e Gianfranco Giagni e com realização de Giagni e Giandomenico Curi. A atriz a interpretar Valentina foi a norte-americana Demetra Hampton, sendo dobrada por Claudia Balboni. Em 2008, a série seria editada em Itália em DVD pela Mondo Home Entertainment.

O primeiro episódio da série televisiva baseia-se novamente em Baba Yaga, a BD de 1971 que originou também o filme, presente neste volume da Levoir. A BD Valentina no Metro, também se encontra reproduzida, tendo sido originalmente publicada em 1975. Estão ainda presentes mais 2 BD com as origens da personagem.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Formado em arquitectura, o italiano Guido Crepax iniciou a sua carreira no mundo da publicidade, ilustrando capas de livros e discos, para além de ter desenhado uma campanha publicitária para a Shell, que lhe valeu a Palma de Ouro. Em 1959, decidiu trocar a publicidade pela banda desenhada, estando ligado a diversas publicações e tendo criado várias personagens, como Belinda, Bianca, ou Anita, para além de ter adaptado clássicos da literatura erótica e de terror, como Drácula, Emanuelle e História de O.

A sua mais célebre criação é Valentina, uma fotógrafa de moda que surge em 1965, como personagem secundária da série Neutron, mas que se vai rapidamente emancipar e tornar-se na mais conhecida personagem de Crepax, graças às suas aventuras surreais, em que o onírico e o erotismo se fundem. Este volume recolhe uma selecção das melhores aventuras de Valentina. Clássicos intemporais, marcados pelo traço sensual de Crepax e pelo seu uso inovador da planificação, com destaque para Baba Yaga, história que seria adaptada ao cinema em 1973, e para Valentina no Metro, uma criativa e emotiva homenagem de Crepax à banda desenhada e aos seus heróis e criadores.

Valentina

Volumes já publicados na coleção:
1.- V de Vingança – Alan Moore & David Lloyd
2.- Terra de Sonhos – Jiro Taniguchi
3.- Presas Fáceis – Miguelanxo Prado
4.- A Dança das Andorinhas – Zeina Abirached
5.- A História de um Rato Mau – Bryan Talbot
6.- A Garagem Hermética – Moebius
7.- Parque Chas – Ricardo Barreiro & Eduardo Risso
8.- Fax de Sarajevo – Joe Kubert

Volumes a publicar na coleção:
10.- Daytripper – Fábio Moon e Gabriel Bá
11.- Luna Park – Kevin Baker e Danijel Zezelj
12.- Fogos e Murmúrios – Mattotti e Kramsky
13.- O Inverno do Desenhador – Paco Roca
14.- A Asa Quebrada – António Altarriba e Kim
15.- Os Exércitos do Conquistador – Jean-Claude Gal e Jean-Pierre Dionner

nota: imagens cedidas pela editora.

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de SousaAdministrador