asaquebrada

Para que não passe em branco, relembra-se que no passado dia 15 de setembro foi distribuída com o jornal Público o décimo quarto volume da segunda série Novela Gráfica da editora Levoir. Trata-se de A Asa Quebrada de Antonio Altarriba & Kim, obra originalmente lançada em Espanha e França (já em 2.ª edição) em 2016, que conclui o díptico iniciado com A Arte de Voar, livro galardoado com o Prémio Nacional del Cómic 2010 em Espanha e com o Galardão de Excelência na BD em Português de Autores Estrangeiros na Comic Con Portugal 2015.

Segundo a editora, ambos os autores estarão presentes no festival Amadora BD deste ano.

Eis a sinopse da editora:

Antonio Altarriba volta a visitar a história espanhola do século XX através da vida da protagonista deste volume. A Asa Quebrada é a outra face de A Arte de Voar. As duas obras formam um díptico onde o autor homenageia uma geração e mergulha nas suas raízes pessoais e familiares. Conta de novo com o traço original, quase punk de Kim, um dos fundadores da célebre revista satírico-humorística El Jueves, que reconstruiu magistralmente o visual da história da Espanha recente.

Petra, a mãe de Antonio Altarriba, é a protagonista deste novo livro do autor. A mãe de Petra morreu ao dar à luz a filha, e o seu próprio pai tentou matá-la. Depois disso, Petra ficou com um braço paralisado, e agora, nos seus últimos dias de vida, o seu filho descobre tudo o que ela sempre manteve em segredo. A percepção de Antonio muda radicalmente e irá reconstruir a história da mãe, uma mulher devota e sofredora, que apesar de tudo conseguiu ser razoavelmente feliz.