Os que se encontram a seguir a série norte-americana Justice League of America (vol. 4), escrita e desenhada por Bryan Hitch e arte-finalizada pelo português Daniel Henriques, certamente notaram que desde março, com o número 8, não noticiamos novos lançamentos, com excepção do número especial Rebirth.

A verdade é que nos últimos meses a série foi anunciada pela DC ora como cancelada, ora como “descancelada“, ora como “recancelada“… Deste modo, não foram publicados os anunciados números 10 a 12, nem o Annual.

Bryan Hitch é o argumentista da nova série Justice League (vol. 4), desde o seu primeiro número, lançado em julho deste ano. Acredita-se que a partir de 2017 as páginas tornem a ser abrilhantadas pela arte-final de Daniel Henriques, mais concretamente a partir do número 7.

Entretanto, eis os previews do 9.º número de Justice League of America, finalmente lançado a 31 de agosto:

Eis algumas vinhetas com a arte-final de Daniel Henriques referentes a este número:

Eis a sinopse da editora:
With Earth as collateral damage, the Kryptonian deity called Rao has the Justice League on the ropes! It would take a miracle to defeat him. Good thing the League makes miracles look easy…

Para os curiosos, deixamos ainda o registo das capas dos #10 a 12 e Annual (provisórias, como pode ser observado pela repetição de uma delas), bem como as suas sinopses editoriais:

#10
The League members in the ancient past catch up with those in the present, and the whole future is at stake! The League thought they had beaten Rao, at great personal cost, but his final solution for the people of Earth is far more than even The League can stand against.

#11
The conquest of Rao may be over, but the League must pick up the pieces of a rattled populace. It makes them vulnerable to another attack-this time from within their own ranks!

#12
Green Lantern’s ring has been hacked! Someone has a personal vendetta against the League, attacking them where they are the most vulnerable!

Annual #1
The vendetta of the League’s newest enemy puts them through the ultimate test by releasing the DCU’s most dangerous super-villains from prison!