Uma série de banda desenhada franco-belga cuja publicação nacional a Asa tem mantido atualizada é Águias de Roma, do italiano nascido na Suiça Enrico Marini.

Publicada no mercado francófono pela Dargaud, a série Águias de Roma teve um novo álbum a cada 2 anos durante os primeiros 4 tomos. Já o quinto livro, seria publicado este ano, 3 anos após o quarto. Em Portugal, a Asa publicou os 3 primeiros tomos em 2011, seguindo-se o quarto em 2013.

Marini goza de popularidade em Portugal desde o final do milénio passado e início do presente, inicialmente com a série Rapaces na Meribérica, que seria concluída pela Asa. Seria também a Asa que publicaria outras séries suas, como Os Dossiers de Olivier Varèse (a editora portuguesa ficou a um álbum de concluir a série), Gipsy (ficou, novamente, 1 álbum inédito em Portugal para a terminar), O Escorpião (tendo publicado os primeiros 6 álbuns de uma série que atualmente se encontra com 11 publicados no mercado francófono) ou A Estrela do Deserto (estando inédito no nosso país o recente terceiro tomo).

A ação de Águias de Roma situa-se na Roma antiga, temperada por intrigas, traições, paixões e rivalidades. Ermanamer, o jovem filho do príncipe vencido na luta de Roma contra os Germanos, denomina-se agora Armínio, tendo sido educado pelos cânones romanos. O seu plano é reunir as tribos da Germânia, enquanto mantém a sua espada ao serviço de Roma, para melhor a aniquilar. Marco, outrora o seu melhor amigo, conhece o seu plano e opõe-se-lhe. Mas está só, desprezado pelo General Varo e os seus acólitos romanos…

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Prestes a atacar, o lobo mantêm-se até ao fim ao lado das Águias de Roma…. Quem poderia imaginar que Armínio, em quem o general romano tinha absoluta confiança, se havia tornado chefe de guerra dos Germanos? O que é certo é que a sua traição surtiu efeito: o exército romano é atacado por todos os lados e Marco, prisioneiro, vê-se completamente impotente. Por detrás das grades, ele não consegue nem combater o seu antigo irmão de sangue nem proteger Priscilla e o seu filho…

nota: imagens cedidas pela editora.