Agá: A Cura tem duas particularidades. Não se trata apenas do livro de estreia de Vítor Oliveira, com direito a 60 páginas, mas também integra uma iniciativa do Município de Lousada em promover o interesse dos adolescentes pela literatura em geral e, neste caso em concreto, a banda desenhada em particular, através da oferta e discussão da obra em sala de aula.

Tendo por base as alterações climáticas, a banda desenhada tem lugar num futuro longínquo, com consequências que parecem ao leitor demasiado próximas. A obra é apresentada no dia 31 de janeiro, como consta da nossa agenda.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Em 2315 o mundo tal como o conhecemos já não existirá. Seis séculos de selvagem industrialização em nome do progresso deixaram a sua marca: um processo lento mas constante de alterações climáticas que mudaram para sempre o rosto do nosso planeta. Durante quase cem anos, a dinastia Berer reina e praticamente sem contestação. No interior da Aliança as vozes dissidentes são rapidamente silenciadas e no exterior há mais de trinta anos que ninguém ouve falar da Resistência. Poucos foram aqueles que prestaram atenção quando um soldado desertou e abandonou as linhas do exército. Tratava-se de um caso isolado, certo? E afinal… que diferença poderá um único homem fazer?…

Escreve o Presidente da Câmara Municipal de Lousada, Pedro Machado:

As alterações climáticas desafiam-nos, todos os dias, para a defesa da natureza, da preservação das espécies, do equilíbrio natural e, em última instância, para a salvaguarda do futuro da própria humanidade. Como será a Terra daqui a trezentos anos? Qual o aspeto do nosso país e do nosso concelho? Haverá sequer planeta para habitar se continuarmos a destruir o nosso património natural? Para celebrar o Ano Municipal do Ambiente e da Biodiversidade, Vítor Oliveira criou, em banda desenhada, uma história futurista que nos interpela e move no sentido da participação cívica e da atuação em prole de uma causa que, sendo global, necessita da dedicação local de cada um de nós. Trata-se, afinal, de garantir que a vida de milhares de espécies, incluindo a nossa, se possa perpetuar neste planeta azul. Decidimos oferecer-te este livro, não só por concluíres este ano letivo o 9.º ano de escolaridade, mas por acreditarmos em ti e na força da tua juventude para, em conjunto, construirmos um mundo socialmente justo e ambientalmente sustentável.

VÍTOR OLIVEIRA Nascido a 28 de novembro de 1978 em Maputo, Moçambique, mudou-se, com os seus pais e irmãos, para a Vila Nogueira de Azeitão, Portugal, quando tinha 4 anos. Desde essa tenra idade o seu gosto pelo desenho e pela banda desenhada foram encorajados pela sua mãe, que lhe comprou o primeiro livro de “comics” ainda antes de ele saber ler. O fascínio pelo mundo fantástico dos “comics” americanos foi crescendo com a idade e a vontade de desenhar e representar as suas personagens favoritas também. Devorador feroz de folhas de papel cavalinho e lápis, foi igualmente devorando livros sobre desenho, perspetiva e anatomia com a ambição de aprender e melhorar as suas capacidades artísticas. Formou-se como técnico de design na Escola Secundária do Viso em Setúbal e posteriormente frequentou a escola de design, IADE. Insatisfeito com a matriz curricular do curso, interrompeu os estudos para procurar alternativas para a sua aprendizagem. Após sair do IADE, formou-se na ETIC, finalizando o curso de Animação e Modelação 3D com a nota final de dezoito valores. Seguiram-se pequenos trabalhos de ilustração para particulares e empresas, mas a oportunidade de trabalhar na área que sempre desejou foi sendo sucessivamente adiada. Este livro é a primeira obra do autor a ser publicada.

Agá: A Cura
Vítor Oliveira
Câmara Municipal de Lousada
Páginas: 60
ISBN 978-972-8787-17-2
Tiragem: 3000 exemplares

nota: imagens gentilmente cedidas pelo autor.