Não se deixem enganar pela capa de Alessio Coppola para a última Disney Comix de janeiro, que já se encontra nas bancas. No interior da Disney Comix #193 vão encontrar a banda desenhada Duckenstein de Mary Shelduck, a homenagem Disney a Frankenstein de Mary Shelley. Ao longo de 72 páginas, Bruno Enna e Fabio Celoni – os mesmos autores que já tinham criado o Drácula de Rat Stoker (Disney Comix #48 e #49) e o censurado O Estranho Caso de Doutor Ratkyll e de Mister Hyde – apresentam-nos uma nova BD, tão inovadora a nível de argumento e ilustração quanto as restantes que constituem a trilogia gótica.

É também publicada a segunda banda desenhada da série Comics & Science (a primeira, com a presença de Einstein, foi publicada na Disney Comix 187), desta feita com Fausto Vitaliano e Carlo Limido a explorar as bases científicas das ondas gravitacionais, a prova de que a teoria de relatividade de Einstein é exata, para dar largas à imaginação e construir uma BD de ficção científica. É verdade que, tanto quanto se sabe, as ondas gravitacionais não são perigosas para a Terra, não permitem viajar no tempo e não alteram propriamente a realidade (mais informação científica aqui), mas, por alguma razão, Mickey e as ondas transformacionais é uma BD de ficção 😉

Por fim, Enrico Faccini apresenta-nos uma banda desenhada de 17 páginas protagonizada pelo Donald. Em Donald e a Infusão da Sorte, o protagonista torna-se ocasionalmente um jóquei e decide combater o seu azar crónico com a sorte do seu primo Gastão…

São 3 bandas desenhadas publicadas em Itália em 2016, inéditas no resto do mundo até ao dia de hoje.

Disney Comix #193
Autores: Bruno Enna, Carlo Limido, Enrico Faccini, Fabio Celoni, Fausto Vitaliano
Editora: Goody
Páginas: 132
PVP: 1,90€