Dia 15 de fevereiro é distribuído com o jornal Público, em parceria com a Asa, o décimo quinto e último tomo da coleção dedicada à série Os Túnicas Azuis, da autoria de Willy Lambil e Raoul Cauvin.

O último volume desta colecção, intitulado A Recruta dos Azuis, já foi editado em Portugal em álbum pela Edinter na década de 80 do século XX. A banda desenhada Blue Retro foi publicada originalmente nos #2222 -2232 do hebdomadário belga Spirou em 1980, conhecendo a edição em álbum pela Dupuis no ano seguinte, sendo desta forma o décimo oitavo volume da coleção franco-belga.

prelease_tunicas_azuis

Eis a sinopse da editora:
Esta história remonta ao início da Guerra de Secessão. Nessa altura, Cornelius Chesterfield trabalhava como aprendiz de talhante e Blutch era dono de um saloon. Os leitores ficarão então a saber como Chesterfield se alistou no Exército para escapar ao casamento com a filha do patrão e como Blutch assinou os papéis sem saber… sob o efeito do álcool! E perceberão também porque é que, logo de início, se instala em Blutch aquele rancor figadal que ele nutre por Chesterfield. É que ele, ainda mal se tinha alistado, já só pensava em desertar!

prelease_tunicas_azuis1