Vamos fazer uma viagem no tempo… Lembram-se daqueles tempos na nossa infância em que alguém iniciava um história que se ia entranhando na nossa imaginação, que nos fazia perseguir essa pessoa perguntando infatigavelmente “e depois?”. Pois, ele há escritores e ele há “contadores de histórias”, os shanachie irlandeses. Os contadores de histórias tecem uma história a partir de vários pedaços de histórias, deixando pedaços de histórias pendentes, que se ramificam noutras histórias e no final temos uma “História Interminável” sempre aberta a novas incursões e a aventuras sonhadas de olhos abertos ou fechados. Histórias limitadas apenas à nossa imaginação. Refiro a “História Interminável” porque, tal como Bastian, André viaja entre mundos livremente.

Tudo começa no campo, onde o personagem principal habita com a sua família. André, nos seus 7 anos de idade, é uma criança curiosa, observadora, que corre pelos campos, vê os insectos, bichos, árvores a crescer. Com os amigos, durante um Verão mágico, conhece a filha do Mágico (Oriana) do Circo itinerante que chega à pequena povoação. Entre o menino e Oriana estabelece-se uma ligação que a motiva a dar-lhe um berlinde. Mais tarde, obrigado a viver na cidade, onde se sente aprisionado, André descobre que o berlinde é um portal que o leva a outros mundos e aventuras. Ao longo da colecção, André cresce com o leitor, deixando para trás as certezas da infância e, no 4.º livro, encontra-se já na adolescência, com dúvidas de que as suas aventuras não passem de sonhos. Encontra então uma amiga que o acompanha, na vida real e em mundos paralelos. André cresce sem matar a criança que está em si, sem colocar máscaras entre ele e o mundo, apenas para não destoar.

Sem fazer mais “spoilers”, a colecção de livros a que nos referimos chama-se “O Mundo de André”. A Bertrand reeditou o 1.º livro e lançou o 4.º livro desta colecção. Descansem os obsessivos que qualquer um dos livros pode ser lido isoladamente. Quanto a nós, só podemos esperar que as vendas sejam boas para  que tenhamos o prazer de mergulhar neste Universo criado por Manuela Gonzaga.

Está pronto para uma viagem inesquecível? Sente-se num sofá confortável, abra o livro e… Comece…

Eis a sinopse da editora:

Mundo de André, de Manuela Gonzaga, nas livrarias a 24 de fevereiro. André e a Esfera Mágica e André e o Baile de Máscaras são duas aventuras trepidantes, um desafio à imaginação e uma viagem pelo mundo das palavras. A escritora e historiadora Manuela Gonzaga publica pela Bertrand Editora a coleção infantojuvenil Mundo de André, dirigida ao leitor entre os 9 e os 14 anos de idade – ou, de forma mais alargada, às crianças de todas as idades. André e a Esfera Mágica é o primeiro romance da coleção, tratando-se de uma reedição no mercado, mas uma novidade no catálogo da Bertrand Editora. Por outro lado, André e o Baile de Máscaras é um título inédito, sendo o quarto volume da coleção. A obra foi incluída no Plano Nacional de Leitura. As ilustrações das capas dos livros são da autoria do pintor Gonçalo Jordão, que integrou a equipa de cenografia do filme O Grande Hotel Budapeste, do realizador Wes Anderson, vencedor, entre outros, de um Óscar para Melhor Direção de Arte. Conhecida pelas suas obras de cariz biográfico, como Imperatriz Isabel de Portugal ou Doida Não e Não!, Manuela Gonzaga é uma escritora de grande sucesso e versatilidade, tendo publicado também Romance, como Xerazade – A Última Noite e Meu Único Grande Amor: Casei-me, e Memória, Moçambique, para a Mãe se Lembrar como Foi. A autora tem uma voz ativa na defesa dos Direitos dos Animais e escreve regularmente no seu blog Diários do Irreal Quotidiano. André e a Esfera Mágica, o primeiro livro, foi escrito há mais de trinta anos, e ficou na gaveta. Muitos anos mais tarde, foram as editoras a perguntar à já conhecida escritora se, por acaso, não teria ‘nada’ para um público mais jovem. Manuela Gonzaga recuperou o (ainda) manuscrito, terminado de escrever no Monte Estoril. Releu-o, desenvolveu um pouco mais a segunda parte, e percebeu que o tempo beneficiara a obra. Em vez de uma história, era uma coleção que se iniciava com a Esfera Mágica. Quando o circo visita a aldeia, André apaixona-se pela filha do mágico, uma menina enigmática, que lhe oferece um berlinde límpido como uma lágrima. Pouco depois, a família muda-se para Lisboa. André detesta a nova vida. Num dia particularmente infeliz, pega no berlinde e descobre-se num mundo desconhecido onde conhece Grionesa do Povo Bonito, o Senhor Leandro, com a sua mala mágica, a porta Portália… até que surge uma ameaça terrível… Só André e Grionesa podem salvar aquele mundo, mas o risco é imenso. Avançando para o livro O Baile de Máscaras, na escola, André faz uma nova amiga: a misteriosa Formiga. Uma noite, ele recupera a Esfera Mágica e, mais uma vez, encontra-se num mundo desconhecido onde todos usam máscaras… animais misteriosos, pássaros gigantes, seres das grandes profundidades. No decorrer de um grande baile, André corre perigo de vida, mas Formiga aparece e salva-o. Só que ela tem uma missão secreta: com a ajuda de André, aceder à imensa Biblioteca, para encontrar a resposta que lhe pode mudar a vida.

André e a Esfera Mágica
Manuela Gonzaga
Formato: 12,8 x 19,8 cm
Páginas: 152
ISBN: 978-972-25-3349-2
Preço: 12,20 euros

André e o Baile de Máscaras
Manuela Gonzaga
Formato: 12,8 x 19,8 cm
Páginas: 216
ISBN: 978-972-25-3350-8
Preço: 12,20 euros

Manuela Gonzaga nasceu no Porto e passou parte da adolescência e juventude em Angola e Moçambique. Escritora, com mais de uma dezena de livros publicados, e historiadora com o grau de mestre em História, é investigadora associada ao CHAM (Centro de História Além-Mar, Universidade Nova de Lisboa). Desde 2000, dedica-se a tempo inteiro à escrita e à investigação, e às viagens que tanto gosta de fazer. Tem quatro filhos e dois netos. Atualmente, divide o seu tempo entre Lisboa e uma pequena aldeia alentejana, onde, numa casa muito antiga, com árvores e poço, e lendas de fundação, tem espaço para a grande família, amigos, e os cães e gatos que tem resgatado.

nota: agradecimento à editora pela oferta dos livros.