O Infante de Daniela Viçoso ganha nova edição de autor em japonês e é disponibilizado em várias convenções no Japão

Em março, O Infante de Daniela Viçoso ganhou uma nova tradução. Editado em Portugal pela El Pep, o livro já tinha conhecido uma edição de autor em língua inglesa para ser apresentado no Reino Unido, mais concretamente no festival Thought Bubble, em Leeds.

Este mês, o livro foi disponibilizado em japonês na convenção Haru Comic City. Trata-se de um nova edição de autor, impressa no Japão, tendo a obra sido traduzida do inglês por Natsuko Okamoto. A banda desenhada continuará a ser disponibilizada no país do sol nascente, estando já agendada a sua presença a 6 de maio no Comitia e entre 11 e 13 de agosto no Comiket, bem como outras feiras de edição independente (dōjinshi)além de ser vendido também por correio.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Relembra-se que O Infante foi escrito e desenhado no âmbito do mestrado da autora em Inglaterra, tendo como particularidade misturar a história portuguesa com o subgénero de manga boys’ love ou, simplesmente, BL (para saber mais sobre este subgénero recomendamos que se leia o artigo Não Deixarei uma Mulher Ter-te! de Ana Matilde Sousa, RIBDA).

Eis a sinopse:
O INFANTE aborda a amizade e a cumplicidade entre o Infante de Portugal e o seu escudeiro. O início dessa relação próxima, desde as suas infâncias, até à sua fuga de Portugal. O cruzamento do código linguístico do Mangá com a estética da arquitectura portuguesa da época e dos maneirismos monárquicos de então. A vivência palaciana em contraponto com o romance poético dos dois personagens. A liberdade das emoções oposta ao formalismo e o rigor da etiqueta monárquica.