O primeiro volume de uma série que certamente vai dar que falar…

A sinopse é atraente. Âmbar é o único mundo verdadeiramente real e todos os outros são mundos-sombra, entre os quais os Príncipes de Âmbar transitam a bel-prazer das suas imaginações.

Corwin desperta numa cama de hospital sem memória de quem é. Terá tido um acidente? As drogas que lhe ministram serão para o manter sem dores, ou terão outros propósitos…?

De natureza desconfiada, Corwin vai navegando através das impressões de outros em busca da sua identidade. Com a ajuda de aliados temporários consegue enfrentar uma guerra, fugir de um lugar inescapável, reconstruir a sua mente e, no caminho, trazer nova esperança ao seu mundo.

Nove Príncipes de Âmbar foi adaptado pela Tellarium a um jogo de computador em 1987O livro foi também adaptado em 3 partes à banda desenhada por Terry Bisson em 1996, tal como o segundo livro da série. A série As Crónicas de Âmbar conheceu ainda uma adaptação a um role-playing game (RPG) por Erick Wujcik, publicado em 1991 pela Phage Press e Guardians of Order. No ano passado, surgiram notícias da sua possível adaptação televisiva pela equipa de Walking Dead e Outcast, o que não será de estranhar, dado a série ter vendido mundialmente mais de 15 milhões de exemplares e de ser frequentemente creditada como uma fonte de inspiração da Guerra dos Tronos de George R.R. Martin.

Para além de diversos contos, As Crónicas de Âmbar são compostas por 2 arcos de história (um dedicado a Corwin e outro a Merlin), com 5 livros cada. Nove Príncipes de Âmbar é o primeiro livro, escrito originalmente em 1970. Ficamos a aguardar novas deste Mundo.

Eis a sinopse da editora:

Âmbar é o único mundo verdadeiramente real. Todos os outros mundos, incluindo a Terra, não passam de sombras que, de certa forma, o imitam. Exilado na Terra há séculos, o príncipe Corwin acorda na cama de um hospital, sem memórias da sua existência passada. Gradualmente, descobre a verdade e é forçado a regressar ao mundo paralelo de Âmbar onde descobre que o rei Oberon, seu pai, é dado como desaparecido. Para ganhar o seu direito à sucessão do trono, Corwin terá de enfrentar realidades impossíveis forjadas por assassinos demoníacos, horrores inomináveis e os exércitos e fúria dos seus irmãos, os príncipes de Âmbar.

ROGER ZELAZNY (1937-1995) foi um dos autores mais consagrados do género da fantasia e ficção científica nas décadas de 60 e 70. A sua primeira história foi publicada em 1962, e mais tarde viria a publicar cerca de 150 contos e romances. Entre as suas obras mais consagradas, incluem-se Lord of Light, This Immortal, Creatures of Light and Darkness e a série As Crónicas de Âmbar, que tem prevista uma adaptação televisiva por Robert Kirkman. Ao longo da sua carreira, Zelazny foi o vencedor de três Prémios Nebula e seis Prémios Hugo.

Nove Príncipes de Âmbar
Título original: “Nine Princes in Amber
Autora: Roger Zelazny
Série: “As Crónicas de Âmbar”
Editora: Saída de Emergência
Colecção: Bang!
Páginas: 224
Dimensões: 160×230 mm
Encadernação: Capa Mole
ISBN: 9789897730412
PVP: 16,60€

nota: agradece-se à editora a oferta do livro.