Já tínhamos abordado aqui o quadragésimo primeiro volume da Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel, intitulado Hulk: Destruição Total, aquando do seu lançamento. A editora divulgou os previews e sinopse da revista, os quais apresentamos aos leitores.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

“A fúria cega do Hulk Vermelho acabou. Chegou a altura de provar ao mundo que ele pode ser um herói. O primeiro objetivo é impedir que o programa Destruição, criado por M.O.D.O.K. e o Líder, provoque o Apocalipse. Mas mesmo com a ajuda do Bomba-A e do Hulk original, poderá o mais recente herói-gama da Marvel concluir a sua missão antes que seja demasiado tarde?”

Pode ter sido o primeiro, mas o Hulk não é a única criatura gerada pela radiação gama a caminhar pela Terra, no Universo Marvel. Desde a overdose acidental de raios gama que o Dr. Bruce Banner apanhou em Incredible Hulk #1, cientistas, soldados e aventureiros de todos géneros usaram esta forma perigosa de radiação para ganhar super-poderes. Monstros como o Abominação e o Líder são o resultado de experiências questionáveis com radiação gama. Contudo, em 2008, uma nova criatura filha dos raios gama fez a sua estreia – o Hulk Vermelho. Apenas dois anos após a sua aparição é que a identidade do Hulk Vermelho foi revelada – não era outro senão o inimigo mais perspicaz e persistente do Dr. Bruce Banner, o General Ross. O Hulk Vermelho viria a cair em desgraça, mas voltaria a ter a oportunidade de provar ao mundo que também podia ser um herói.

Neste volume, Destruição Total, vemos Ross procurar a redenção da única maneira que um Hulk sabe – esmagando tudo à sua frente! O escritor Jeff Parker envia o Hulk Vermelho numa série de missões divertidas, ao estilo da série clássica Marvel Team-up – mas desta vez com um fator adicional: todos os heróis com quem ele tem de fazer parceria odeiam-no!

Jeff Parker afirma que não se deve confundir o Hulk Vermelho com o verde, e continua: “Ele proporciona uma ótima base para contar histórias do Hulk que não poderiam ser contadas no passado, porque não funcionariam com o caráter do Banner. O Ross não é de querer ficar sozinho para aleatoriamente ir atrás de um veado na floresta ou algo assim. Ele é um tipo diferente de Hulk.”

Volume 41:  HULK: DESTRUIÇÃO TOTAL
Argumento de JEFF PARKER e arte de GABRIEL HARDMAN, MARK A. ROBINSON e ED MCGUINNESS
Este volume reúne as edições 25 a 30 da revista Hulk.
184 páginas.

nota: imagens cedidas pela editora.