Londres , 1878. Dois jovens mágicos cruzam caminhos enquanto actuam em luxuosas salas de espectáculo vitorianas. E cedo nasce um feudo cruel que irá assombrar as suas vidas, levadas ao extremo pelo mistério de uma espantosa ilusão que ambos fazem em palco.

Em boa hora, a Saída de Emergência insistiu em editar novamente O Prestígio de Christopher Priest, obra vencedora do prémio britânico James Tait Black Memorial Prize na categoria de Ficção e do prémio norte-americano World Fantasy Award.

Finalmente pude ler a obra que foi adaptada para cinema com o título em Portugal de O Terceiro Passo, realizado pelo consagrado Christopher Nolan e reunindo um interessante conjunto de actores (Hugh Jackman, Christian Bale, Michael Caine, Scarlett Johansson e David Bowie, ente outros). Eis o trailer:

Apesar de recomendar, sem dúvida, a visualização do filme, o livro é extremamente mais rico.

Como em tudo na vida há sempre três versões da verdade, a de cada um dos intervenientes e o que aconteceu realmente. Uma série de pequenos/ grandes mal-entendidos fazem com que dois homens que tinham tudo em comum se transformem em inimigos. O feudo divide-os de tal forma que, embora as gerações seguintes tentem estender pontes entre famílias, estas ruem sob o peso do passado.

O véu das ilusões levanta-se e visualizamos o outro lado do palco, a maquinaria por trás das ilusões. A magia não tem lugar aqui, a técnica, o treino insano a que os mágicos têm de se submeter para conseguirem apresentar as suas ilusões em palco de forma a que o público se surpreenda uma e outra vez.

Um dos homens consegue o impensável, consegue fazer magia… Mas o que é a magia se não a ciência que ainda não compreendemos? O que consegue é de tal forma fantástico que a obsessão de descobrir o como leva o seu adversário à loucura. Acção, reacção, uma luta contínua enquanto a vida vai passando ao lado.

A prosa é viciante e voltamos as páginas sempre à espera do “e agora, o que é que aconteceu depois?“….

O livro acaba, o público aplaude, o acto foi realizado.

O prestidigitador agradece.

Fecham-se as cortinas, apagam-se as luzes, o palco fica só.

Fica “O Prestígio” de se ter realizado algo único.

Eis a sinopse da editora:
Uma história de segredos obsessivos e curiosidades insaciáveis
Londres, 1878. Dois jovens mágicos cruzam caminhos enquanto actuam em luxuosas salas de espectáculo vitorianas. E cedo nasce um feudo cruel que irá assombrar as suas vidas, levadas ao extremo pelo mistério de uma espantosa ilusão que ambos fazem em palco.
A rivalidade instiga-os a atingir o pico das respectivas carreiras, mas com consequências terríveis. Na busca de um truque que conduza à ruína do rival, escolhem o caminho da ciência mais negra.
O sangue será derramado, mas não será suficiente. No fim, o legado dos mágicos irá passar para as futuras gerações e serão os descendentes a ter de desvendar a teia de loucura que envolve estranhos actos de magia…

O Prestígio
Título original: “The Prestige”
Autor: Christopher Priest
Editora: Saída de Emergência
Colecção: Bang!
Páginas: 356
Dimensões: 160×230 mm
Encadernação: Capa Mole
ISBN: 9789897730283
PVP: 16,60€

Pode ler um excerto da obra aqui.

nota: agradece-se à editora a oferta do livro.