Estreou no dia 1 de junho nas salas de cinema portuguesas o filme Mulher Maravilha, realizado por Patty Jenkins, realizadora que depois de Monstro, filme que valeu o Óscar de melhor atriz a Charlize Theron, volta a ter as luzes da ribalta sobre os seus ombros.

O quarto filme do DCEU conta a história da Princesa Diana de Themyscira, conhecida pelos comuns como Diana Prince e de como se transformou na Mulher Maravilha. A semi-deusa é representada pela atriz Gal Gadot, que se até agora não tinha tido um grande protagonismo cinematográfico, a sua brilhante representação vai com certeza aproximá-la bastante mais desse lugar.

A história de Diana leva-nos à Themyscira, ilha protegida de todas as adversidades, malícias, guerras e fome num local protegido onde habitam apenas mulheres, as Amazonas. Guerreiras dotadas de grande força e astúcia e preparadas desde sempre para o derradeiro dia em que terão que lutar com Ares e trazer a paz ao mundo.

Num episódio inesperado em que um espião inglês Steve Trevor (Chris Pine) acidentalmente descobre aquele local enquanto era perseguido por tropas alemãs, Diana acaba por descobrir que o mundo é mais do que aquela Ilha e que a sua origem é mais divina do que alguma vez imaginaria e isso leva-a a tomar a decisão de sair da ilha para acompanhar Steve.
Em simultâneo estamos em plena Primeira Guerra Mundial, num cenário catastrófico, onde todos os esforços para alcançar a Paz são infrutíferos. Diana e Steve embarcam numa história repleta de ação e aventura em que são confrontados confrontados pelas maiores atrocidades da guerra, mas que com a presença de Diana o rumo pode mudar.

A forma como Patty Jenkins interliga todas as fase do filme é genial, as cenas de ação são de outro nivel sem nunca cair no erro do abuso do CGI e filtros muito carregados que já vimos nos filmes anteriores. As representações de Gal Gadot e de Chris Pine foram muito bem conseguidas, conseguindo manter uma fluidez constante no filme mesmo nas cenas mais paradas. Em jeito de conclusão, estamos perante o melhor filme do DCEU feito até à data o que nos eleva as expectativas para o filme Liga da Justiça mas disso falaremos mais lá para o final do ano.