Adam Mansbach regressa às livrarias nacionais com mais um livro de humor, Tens de Comer, F*da-se

Em 2011, o escritor Adam Mansbach viu publicado o seu primeiro livro de humor, ilustrado por Ricardo Cortés. Vai Dormir, F*da-se (Arte Plural/Bertrand, 2011), enquanto objeto, assemelhava-se em tudo a um livro infantil. As ilustrações de bebés, crianças, animais e paisagens ocupavam a quase totalidade das páginas duplas, com um espaço reservado para uma quadra.

Somente o título e o texto denunciavam tratar-se de um livro para os pais e não para os filhos, repleto de calão, onde os pais desesperados não conseguiam convencer os seus bebés a dormir. E os pais, independentemente da sua relação quotidiana com o calão, certamente se reconheceram na honestidade das situações retratadas, sorrindo com a subversão presente no projeto.

Entretanto, Masnbach realizou uma versão do mesmo livro para crianças, modificando o texto para que os pais relutantes o pudessem ler aos filhos, coescreveu o seu primeiro romance gráfico com Douglas McGowan e com ilustrações de Owen Brozman e viu publicados os seus 4.º e 5.º romances.

Chegado a 2014, faz uma proposta semelhante a Vai Dormir, F*da-se, mas desta feita concentrando-se noutro problema que os pais enfrentam de manhã à noite, dia após dia – os filhos não quererem comer quando e o que os pais querem. Desde a sujidade pós-guerra da tentativa de obrigar a comer às lancheiras que regressam cheias e de recusarem todos os pratos do restaurante… É esta a obra que a Saída de Emergência publica a 7 de julho.

Desta vez, as ilustrações estão a cargo de Owen Brozman, com quem tinha realizado a BD Natural Born. A arte de Brozman, dado ser menos realista que a de Cortés, não confere um ar tão clássico a esta nova proposta, não sendo mais necessário o contraste gerador da surpresa, pois o mote já foi dado anos antes. No entanto, continua-se a retratar em páginas duplas as crianças – para trás, já ficaram os não ensonados bebés -, os animais e o quotidiano familiar. A Renato Carreira ficou a dificuldade de encontrar a tradução necessária para manter as rimas e o humor.

Eis a primeira quadra:

O sol brilha dourado no céu,
Os passarinhos cantam e é bonito de ver.
Acordaste-me para fazer o pequeno-almoço
Então foda-se! Porque não estás a comer?

Eis a sinopse da editora:
Uma nova Bíblia para pais cansados. Do autor do best-seller internacional Vai Dormir, Fda-se, chega um livro sobre a outra grande frustração parental: convencer os anjinhos a comer alguma coisa que se assemelhe vagamente a uma refeição normal. Ofensivo, terno e profundamente catártico, Tens de Comer, Fda-se viola a regra do silêncio na educação infantil, permitindo a mães e pais de todas as idades, e também aos avós e a quem aguarda o nascimento de uma criança, uma oportunidade preciosa para rir acerca de um problema universal. Talvez não seja aconselhável ler este livro aos seus filhos.

Tens de Comer, F*da-se
Adam Mansbach & Owen Brozman
Editora: Saída de Emergência
Páginas: 32
Encadernação: capa dura
Formato: 21 x 15,8 mm
ISBN: 9789896377694

nota: agradece-se à editora a oferta do livro.