Há algum tempo, ouvi que uma boa história é sempre sobre alguma coisa, contém em si as sementes de uma verdade escondida que se vai revelando durante a narrativa. Uma boa história distrai, abre uma pausa no quotidiano para o fantástico, para o extraordinário, permitindo-nos encarar as nossas vidas com desapego.

Com O Covil dos Lobos, a Planeta encerra a trilogia Blackthorn & Grim, da autoria da neozelandesa, atualmente residente na Austrália, Juliet Marillier, de quem já tinha publicado outras séries.

Esta trilogia narra, como o título indica, as aventuras de Blackthorn e Grim, um par improvável forjado num mar de dor. Duas pessoas cujas vidas foram roubadas, enfrentaram o pior que lhes podia acontecer, caíram num abismo tão profundo que a morte lhes soava misericordiosa.

Miraculosamente salvos, têm de lidar com o acontecido mas não nos seus termos. Impedidos de se vingarem, são obrigados a refazer a vida sob outras regras. Regras que os obrigam a oferecer ajuda a quem lha pedir, regras que os impedem de revelar todo o mal que lhes foi feito.

Viraram-se um para o outro e, pouco a pouco, começaram a erguer as fundações para algo mais sólido. Em lugar de entrarem num ciclo de destruição, pegaram naquelas pequenas partes do mundo que podiam alterar, nas vidas que podiam mudar e o mundo começou a mudar com eles. Não foi com grandes feitos, nem com mudanças abruptas, foram pequenos gestos de bondade, pequenas gentilezas que mudaram os destinos de todo um povo.

Esta história é feita de pequenos feitos, de pequenas mudanças, de fracos contra poderosos, de como mudando o nosso cantinho podemos fazer o Mundo mudar.

Eis a sinopse da editora:

Chega agora o último livro da trilogia Blackthorn & Grim, da autora best-seller do romance fantástico! Com o talento a que já nos habituou e uma narrativa empolgante, Juliet Marillier – uma das autoras de Fantasia mais aclamada a nível mundial – volta ao registo adulto e constrói um mundo fantástico excepcional. Um livro intenso que tem como pano a Irlanda medieval. Esta série conta-nos o percurso de Blackthorn, uma curandeira que esteve presa injustamente. Grim foi seu companheiro de cela e após a libertação viajam juntos para a floresta de Dalriada. Embora tenha posto os planos de vingança de parte é-lhe difícil não ceder aos impulsos. Um livro cheio de magia, que mistura as lendas celtas com mestria, no dia-a-dia das suas personagens. Neste último livro, a curandeira Blackthorn conhece demasiado bem as regras do pacto que celebrou com os Encantados: não procurar vingança, acudir a todos os pedidos de ajuda, praticar apenas o bem. No entanto, depois do último desafio que teve de enfrentar com a ajuda do seu companheiro, Grim, Blackthorn sabe que não pode desistir da sua demanda para submeter ao crivo da justiça o homem que lhe arruinou a vida. Apesar das suas lutas interiores, a mulher sábia aceita ajudar a princesa de Dalriada a tomar conta de uma jovem perturbada que foi recentemente trazida para Winterfalls. Ao mesmo tempo, Grim é enviado para a casa dessa jovem, no Vale dos Lobos, a fim de ajudar o seu pai abastado numa estranha tarefa: a de reconstruir uma casa em ruínas, no coração da floresta. Grim não tardará a perceber que nem tudo, no Vale dos Lobos, é o que parece ser — o lugar está repleto de perigosos segredos e de mentiras fatais… Em Winterfalls, o toque maléfico do velho inimigo de Blackthorn reabre as feridas do passado e reacende a sua antiga paixão pela justiça. Com o perigo em duas frentes, Blackthorn e Grim vêem-se perante uma escolha dolorosa: permanecerem, mais uma vez, unidos na adversidade, ou travarem as suas batalhas sozinhos.

Juliet Marillier nasceu na Nova Zelândia, em Dunedin, uma cidade com fortes raízes na tradição escocesa. Licenciou-se com distinção em Linguística e Música, na Universidade de Otago, e tem tido uma carreira variada, que inclui o ensino, a interpretação musical e o trabalho em agências governamentais. Juliet vive numa casa de campo centenária, perto do rio, em Perth, na Austrália, onde escreve a tempo inteiro. É membro da ordem druídica OBOD. Partilha a sua casa com dois cães e um gato. Juliet Marillier é uma autora internacionalmente reconhecida e os seus romances já conquistaram vários prémios.

O Covil dos Lobos
(Den of Wolves)
Juliet Marillier
Editora: Planeta Manuscrito
Páginas: 432
Encadernação: capa mole
Dimensões: 15,5 x 23,5 cm
ISBN: 978-989-657-961-6

nota: agradece-se à editora a oferta do livro.