A 25 de maio de 1977, deu-se a estreia cinematográfica norte-americana de A Guerra das Estrelas, posteriormente denominado Star Wars: Episódio IV – Uma Nova Esperança. Foi o início de uma franchise com 40 anos de existência, que goza de sucesso e popularidade internacional.

Deste modo, os CTT – Correios de Portugal, S.A., em parceria com The Walt Disney Company Iberia, comemoram os 40 anos da saga Star Wars com uma emissão filatélica dedicada.

Eis a divulgação dos CTT:

Os CTT apresentam no próximo dia 25 de Agosto uma emissão filatélica que comemora os 40 anos da saga mundialmente famosa, Star Wars, que teve início em 1977 com o primeiro filme Episódio IV – Uma Nova Esperança. Esta emissão resulta de uma parceria entre os CTT Correios de Portugal e a The Walt Disney Company Iberia.

Estão representadas nestes selos algumas das personagens da saga mais rentável de sempre: a Princesa Leia, o Luke Skywalker, o Han Solo, o Chewbacca, o Darth Vader e o Mestre Yoda. Estes selos homenageiam a Star Wars, pioneira no lançamento de um mundo novo ligado ao colecionismo e de merchadinsing visionários, transversal e abrangente para agradar a todas as idades.

George Lucas foi um homem visionário que há quarenta anos trouxe um novo mundo: os efeitos especiais, os estímulos visuais inovadores, os cenários totalmente realistas, figuras de outros mundos, personagens robotizadas e veículos nunca vistos, associados a uma banda sonora ímpar.

Esta saga que, ainda hoje, depois de oito filmes, se mantém por completar e finalizar, e que depois da aquisição da Lucasfilm por parte da Disney se vê incrementada com novos filmes, continua a cativar varias gerações que se envolvem pela constante luta entre a luz e o lado negro.

Para muitos colecionadores das chamadas Figuras de Ação, nasceu uma segunda paixão, a Legião 501, uma organização mundial criada por Albin Johnson. Trata-se de um clube de fãs voluntários, formado com o propósito de juntar entusiastas de costuming e de fazer diferença e melhorias na sociedade. Uma das características é a criação de uma identidade coletiva, que perpetua e vai celebrando o imaginário Star Wars. No entanto, ainda mais importante do que promover a qualidade e o melhoramento das respetivas réplicas e adereços usados pelos seus membros, é a vontade de contribuir para a comunidade local, através de ações de trabalho voluntário. Ao proporcionar uma experiência real, em que as personagens saem da tela para o mundo real, a capacidade efetiva de concretizar apoios através de angariação de fundos, trabalho de caridade e voluntariado, quase como trabalhos de figuração se tratasse, é assim materializada.

Os CTT vão lançar duas peças filatélicas com o mesmo tema, uma emissão em versão gomada com os selos e o bloco filatélico e outra emissão em versão autoadesivos com os seis selos.

A primeira emissão é composta por seis selos e um bloco filatélico com três selos: dois selos com o valor facial de 0,50€, dois selos com o valor facial de 0,80€ e dois selos com o valor facial de 0,85€. Todos estes têm uma tiragem de 130 000 exemplares cada. O bloco com três selos tem o valor de 1,50€ e uma tiragem de 60 000 exemplares. A emissão de autoadesivos dedicada ao mesmo tema tem dois selos para envio nacional até 20g, dois selos para envio na Europa até 20g e dois selos para o resto do mundo até 20g. Todos estes selos têm uma tiragem de 30 000 exemplares cada.

O design dos selos esteve a cargo de Francisco Galamba. As obliterações de primeiro dia serão feitas nas lojas dos Restauradores em Lisboa, Munícipio no Porto, Zarco no Funchal e Antero de Quental em Ponta Delgada.

Eis as imagens da pagela e da emissão gomada (clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão):

 

Eis as imagens da pagela e da emissão de autoadesivos:

 

nota: imagens cedidas pelos CTT.