Esta quarta-feira, dia 30 de agosto, chega às bancas o sexto número da coleção «Valérian e Laureline» da autoria de Pierre Christin (argumento) e Jean-Claude Mézières (desenho). O sexto volume é composto por dois títulos: “Estação de Brooklyn – Terminal do Cosmos” e “Os Espectros de Inverloch”.

Estação de Brooklyn – Terminal do Cosmos
Depois de muitas peripécias, Laureline consegue finalmente localizar a origem dos monstros que irromperam na França do século XX. Entretanto, ainda em Paris, Valérian defronta uma criatura terrífica e a batalha deixa-o com algumas marcas. Sempre acompanhado por Albert, o agente permanente de Galaxity na Paris do século XX, ambos viajam para Nova Iorque, onde os espera um surpreendente desfecho.

Os Espectros de Inverloch
Nos Estados Unidos, no século XX, Sir MacCullough, agente de Galaxity, fica a saber, através da CIA, que está em curso uma ofensiva secreta contra os serviços de informações, os governos e os exércitos de todo o mundo. E em Galaxity, no século XXIV, reina o caos e tudo morre aos poucos! Quem estará por trás de tudo isto? Quem quererá destruir a Terra, não só no momento presente mas também no futuro?!?…