Esta quarta-feira, dia 13 de setembro, chega às bancas o oitavo número da coleção «Valérian e Laureline» da autoria de Pierre Christin (argumento) e Jean-Claude Mézières (desenho). O oitavo volume é composto por dois títulos: “As Armas Vivas” e “Os Círculos do Poder”.

As Armas Vivas
A astronave de Valérian e Laureline, completamente desgovernada, aterra desastrosamente em Blopik, um planeta habitado por senhores feudais mal-encarados que passam o tempo em guerras tão arcaicas como inúteis. Mas o que faz neste lugar perdido uma caravana de artistas cósmicos com espantosas propriedades físicas? E, afinal, o que é que Valérian transporta num contentor selado que tanto irrita Laureline?

Os Círculos do Poder
Retidos em Rubanis por causa de uma avaria na sua astronave (e sem os 700 mil bloutocks necessários para a reparação), Valérian e Laureline procuram saber quem detém o poder naquelas paragens. É então que o coronel Tloc, chefe da polícia (podre) daquele planeta (podre), lhes faz uma proposta: irem até ao Círculo do Poder ver quem comanda aquela barafunda generalizada – quem, ou o quê…