Em setembro, continuámos com metade da equipa de férias, apesar de termos tomado providências no sentido de tal não ser sentido pelos nossos visitantes. A silly season não aguardou pelo início de outono para se esfumar no mercado livreiro. Vejamos, no que toca à BD, como decorreu a atividade editorial e demais eventos ligados à banda desenhada.

PUBLICAÇÕES

O Bandas Desenhadas identificou os seguintes números de novidades de banda desenhada (publicações com BD em mais de 50% das suas páginas), segundo o canal de distribuição:
– Pontos de venda de periódicos: 18
– Livrarias: 14
– Distribuição alternativa: 13

A nível de formato, as 45 publicações de BD podem ser divididas em:
– Revistas: 4
– Livros: 28
– Outros (brochuras, etc): 13
– Jornais: 0

Das 14 novidades em livro nos pontos de venda de periódicos, a totalidade pertence a séries autolimitadas:
– Associados a jornal: 9
– Não associados a periódico: 5

Destas 45 publicações de BD, 9 são de autores portugueses. As restantes publicações têm como país de origem:
– Bélgica: 1
– Brasil: 1
– Brasil + Dinamarca + Itália: 2
– Brasil + Itália: 1
– Dinamarca + Itália: 1
– Espanha: 4
– EUA: 12
– França: 6
– Itália: 1
– Japão: 6
– Reino Unido: 1

No que toca à originalidade das obras sob o formato de papel no nosso país, das 45 publicações verifica-se a existência de:
– Inéditos mundiais: 9
– Inéditos em Portugal: 29
– Reedições: 7
Dos inéditos em Portugal, 2 tinham tido distribuição prévia total ou parcial nos pontos de vendas de periódicos via publicações brasileiras.

Eis as editoras das publicações de BD identificadas:
– Abelardo: 3
– Asa: 4
– Clube do Inferno: 1
– Daniela Viçoso: 1
– Devir: 7
– G. Floy: 4
– Goody: 9
– José Pires: 3
– Junta de Freguesia de Real, Penalva do Castelo: 1
– Levoir: 5
– Mighell Publishing: 1
– Planeta: 1
– Porto Editora: 1
– Sapata Press: 2
– Teorema: 1
– Zé Burnay: 1

Quanto às bancas, a suspensão da atividade da Distrinews II ditou o desaparecimento da Salvat das bancas no que toca à 1.ª edição da série Graphic Novels Marvel.

BD PORTUGUESA EM DESTAQUE

Em setembro, identificaram-se 9 publicações de banda desenhada de autores nacionais.

Destas 9 edições, 6 foram comercializadas pela primeira vez no Thought Bubble Festival, em Leeds, a saber:
– 16 Candles – Daniela Viçoso (antevisão aqui)
– Andromeda: A House in the Horizon – Zé Burnay (antevisão aqui)
– The Doom of Azalur / A Midsummer’s Nightmare – Inocência Dias, Patrícia Furtado & Pedro Potier (sinopse aqui)
– Forty! vol. 1 – Patrícia Furtado (sinopse aqui)
– Forty! vol. 2 – Patrícia Furtado (sinopse aqui)
 Freak Scene #3 – André Pereira (antevisão aqui)

A estreia editorial da Sapata Press teve direito a um duplo lançamento, um dos quais da autoria da portuguesa Dois Vês, com Sensui.

O segundo volume de Apocryphus, desta feita dedicado ao Crime, contou com os trabalhos de Miguel Jorge, Patrícia Furtado, Pedro Potier, Nuno Amaral Jorge, Daniel da Silva Lopes, Inocência Dias, Diana Andrade, Miguel Montenegro, Sofia Freire, Filipe Coelho e Fernando Madeira.

A nível de lançamentos institucionais, Real, Tradições de uma Freguesia Beirã contou com a banda desenhada de Rafael Sales.

Setembro revelou-se, deste modo, um mês com diversidade de propostas nacionais, pelo que reforçamos a recomendação de banda desenhada portuguesa aos leitores portugueses (e internacionais). Das 9 obras, a totalidade teve distribuição alternativa.

EVENTOS

Entre as exposições inauguradas nos meses anteriores que persistiriam em setembro e os eventos decorridos ou inaugurados neste mês, existiram muitas e variadas propostas.

Em setembro propriamente dito, foram realizados ou inaugurados eventos num menor número do que os restantes meses nos habituaram. De qualquer modo, conforme noticiámos na nossa agenda, foram alvos dos mesmos André Coelho, Filipe Felizardo, Fábio Veras, Marcos Farrajota, Rudolfo e Tiago Manuel, entre outros.

Foram ainda inauguradas exposições coletivas dedicadas ao Punk Comix e a Rafael Bordalo Pinheiro, bem como foi dedicado algum espaço à banda desenhada no Fórum Fantástico 2017.

AUTORES NACIONAIS PUBLICADOS NOUTROS PAÍSES

Existem alguns autores nacionais que se encontram a trabalhar periodicamente para o mercado norte-americano e a sua ausência num ou noutro mês prende-se frequentemente mais com a calendarização das editoras do que o seu trabalho contínuo para aquele mercado. Outros há em que a edição noutro país é um evento excecional. De qualquer modo, esta listagem não tem por fim uma análise estatística, mas sim uma aglomeração de informação dispersa pelo nosso site, disposta de uma forma simples, para futura referência.

Eis os autores que identificámos, dispostos alfabeticamente, com publicações de banda desenhada noutros países, durante o mês de setembro:
– André Lima Araújo (Generation Gone #3, Image, EUA – coargumento, desenho e arte-final)
– Daniel Henriques (Supergirl vol. 7 #13, DC Comics, EUA – arte-final)

BD ESTRANGEIRA EDITADA EM PORTUGAL

Tal como nos meses anteriores, prosseguiram diversas séries em publicação, seja nas bancas (Asa, Goody e Levoir), seja nas livrarias (Devir, G. Floy, Planeta e Teorema).

Nas bancas, a Goody iniciou uma nova série de BD Disney, Mickey (periodicidade de 3 em 3 semanas).

No mercado livreiro, a G. Floy iniciou uma série dedicada ao Imortal Punho de Ferro e outra a Uncanny X-Force. Editou ainda Kingsman: Serviço Secreto de Mark Millar & Dave Gibbons.

Quanto à Porto Editora, regressou á BD com a edição de O Diário de Anne Frank por Ari Folman e David Polonksy


IMPORTAÇÃO NAS BANCAS

Para além do mercado editorial de banda desenhada em Portugal, existem outros pontos que são alvo do nosso Observatório. Um deles é a importação de revistas de, com ou sobre banda desenhada distribuídas nas pontos de venda dos periódicos.

A suspensão da atividade da Distrinews II ditou que aparentemente nem todos os títulos das revistas brasileiras da Panini planeados fossem distribuídos em setembro.

Como nota de rodapé, tal como no mês passado, as revistas brasileiras distribuídas nas bancas não ultrapassam em número a totalidade das publicações nacionais. Em setembro, foram distribuídas:
– Panini Brasil: 21 títulos

Estes 26 títulos têm como editora original:
– DC (EUA): 1
– Marvel (EUA): 6
– Mauricio de Sousa (Brasil): 16

Foram ainda identificadas 2 publicações da Tambor Digital – Edicase, o segundo número da revista Authentic Games Comics apresenta Namorada Perfeita e o segundo número da Edição Encadernada de Minecraft Comics: A Lenda de Herobrine (cujos primeiros 4 números da versão em revista tinham sido distribuídos em Portugal entre abril e julho de 2016).

No que toca às publicações belgas e francesas decom ou sobre BD, foram distribuídas respetivamente 1 e 8 publicações.

nota: considerem-se os números apresentados neste artigo como pré-definitivos até à publicação do artigo referente ao ano de 2017.