Por Pedro Afonso

Já desde o grande sucesso de Blade, o Caçador de Vampiros (um filme de 1998), que a Marvel tem vindo a incorporar elementos dos filmes e séries televisivas nas suas bandas desenhadas, de forma a que os espectadores se sintam acomodados ao procurarem as BD sobre os personagens que acabaram de ver no ecrã. No caso de Blade, o personagem original não tinha grandes poderes para além da imunidade a mordidas de vampiro; porém, um ano depois do lançamento do filme, também o personagem das BD ganhou super força e a habilidade de andar sob a luz solar, assemelhando-se ao dos filmes.

Blade, o Caçador de Vampiros (1998)

O arco «O Homem que Caiu na Terra» e «Guerra Civil II», histórias que começam em Os Vingadores vol. 5, lançado a 28 de setembro pela Goody, são um bom exemplo de momentos em que a Marvel aproveitou bem os filmes que estavam a ser lançados na altura.

Avengers: Rage of Ultron (2015)

«O Homem que Caiu na Terra», arco originalmente publicado nas revistas The Uncanny Avengers (vol. 3) #9-12, é a continuação de um graphic novel original da Marvel nunca publicada em Portugal, intitulada Rage Of Ultron (baptizada de Ira de Ultron, no Brasil), que foi originalmente lançada em 2015, coincidindo propositadamente com o lançamento do filme Os Vingadores: Era de Ultron. Com argumento de Rick Remender e desenhos de Jerome Opeña e Pepe Larraz, Ira de Ultron passa-se depois do MEGA-evento de 2015 Guerras Secretas (também nunca publicado no nosso país) e foca-se na relação pai/filho de Hank Pym, o Homem-Gigante, e Ultron, o robô assassino por ele criado. Esta boa leitura culmina num final totalmente inesperado, em que Hank e Ultron se fundem num só corpo e mente e saem disparados para o espaço, deixando todos a acreditar que Hank se sacrificou na luta contra o mal… Pepe Larraz tem a oportunidade de participar na continuação da história, como artista d’ «O Homem que Caiu na Terra», que conta o regresso de Hank Pym à Terra, as reações dos seus companheiros e as consequências do seu retorno inesperado.

Brie Larson, a Capitã Marvel

«Guerra Civil II», mais uma vez, aproveitou-se do lançamento do filme Capitão América: Guerra Civil, mas não só, pois no cerne deste evento encontram-se a Capitã Marvel, que tem vindo a ganhar bastante destaque em antecipação do seu filme com Brie Larson (de Room e Kong: Skull Island) no papel principal, e os Inumanos, que, para além de terem uma série à porta (estreia marcada em Portugal para dia 6 de outubro no TV Séries), têm vindo a aparecer na série Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. desde 2014. A «Guerra Civil II», que marcou o seu início no dia 28 com um prelúdio originalmente publicado na revista especial dos Vingadores Free Comic Book Day de 2016, conta com a comunidade de super-heróis mais uma vez divida perante um problema moral, que neste caso é a possibilidade de adivinhar o futuro e preveni-lo antes que este aconteça (do género do filme Minority Report). O evento começará oficialmente nas páginas de Os Vingadores vol. 6, com data de lançamento marcada para dia 6 de outubro.