Um Mundo dividido na base do sangue. Se o teu sangue é prateado não só tens direito a poderes incríveis, como os teus desejos, ordens e comodidades estão asseguradas.

Sendo o teu sangue vermelho, desde a infância és sacrificado, forçado a trabalhar, a envelhecer prematuramente… És carne para canhão numa guerra interminável.

Vermelho/ Prateado, Preto/branco, uma dicotomia que para sempre parece dividir o mundo.

Eis que surge alguém que é algo mais, nascida vermelha, mas com poderes que assustam os Prateados mais poderosos. Mare é isso, é também uma vermelha que aprendeu a pensar e a desafiar o Destino para ter direito ao seu lugar ao sol.

Nos locais mais improváveis vai encontrar ajuda. E será traída também por quem ama…

Aprenderá que não há só vermelho e prateado, preto e branco, que o Mundo gira em tons de cinzento na esperança de um Alvorecer escarlate.

Uma saga apaixonante que nos deixa desejosos de mais e, que lida a última palavra, nos deixa sedentos do “e depois?…”.

Eis a sinopse da editora:
A sua morte está sempre ao virar da esquina, mas neste perigoso jogo, a única certeza é a traição num palácio cheio de intrigas. Será que o poder de Mare a salva… ou condena? O mundo de Mare, uma rapariga de dezassete anos, divide-se pelo sangue: os plebeus de sangue vermelho e a elite de sangue prateado, dotados de capacidades sobrenaturais. Mare faz parte da plebe, os Vermelhos, sobrevivendo como ladra numa aldeia pobre, até que o destino a atraiçoa na própria corte Prateada. Perante o rei, os príncipes e nobres, Mare descobre que tem um poder impensável, somente acessível aos Prateados. Para não avivar os ânimos e desencadear revoltas, o rei força-a a desempenhar o papel de uma princesa Prateada perdida pelo destino, prometendo-a como noiva a um dos seus filhos. À medida que Mare vai mergulhando no mundo inacessível dos Prateados, arrisca tudo e usa a sua nova posição para auxiliar a Guarda Escarlate – uma rebelião dos Vermelhos – mesmo que o seu coração dite um rumo diferente. Pode ler um excerto da obra aqui.

Victoria Aveyard é uma autora de 27 anos com formação em Escrita de Argumentos da Universidade do Sul da Califórnia que, tendo verificado que todas as histórias boas para filmes já tinham sido usadas (e as más também), decidiu ela própria escrever uma: Rainha Vermelha. Agora divide o seu tempo entre East Longmeadow, Massachusetts e Los Angeles. Neste momento dedica-se à continuação da série Rainha Vermelha, enquanto tem outros projetos literários e cinematográficos. A Universal Pictures já detém os direitos para uma produção a partir do livro.

Rainha Vermelha
Victoria Aveyard
Editora: Saída de Emergência
Coleção: Bang!
Páginas: 352
Dimensões: 160 x 230 mm
Encadernação: capa mole com badanas
ISBN: 9789896378486
PVP: 18,50€

nota: agradece-se à editora a oferta do livro.