Após a estreia da heroína e a introdução ao seu universo criativo num título especial de lançamento, Aurora Boreal e O Instinto Supremo, com apresentação este ano no XIII Festival internacional de Banda Desenhada de Beja, a Apenas Livros edita e distribui, no final de outubro, o primeiro livro de cordel do ciclo inaugural sobre esta enigmática personagem, intitulado Aurora Boreal e O Princípio Infinito. Este primeiro volume, intitula-se Primeiro Universo – O Bestiário Humano.

Escrito por José de Matos-Cruz, em sequela da trilogia O Infante Portugal (Apenas Livros, 2007-2010), e tendo Aurora Boreal como protagonista, culmina assim um desafio criativo invulgar, pois não se trata de narrativa ilustrada, mas de literatura imaginada; em suma, os artistas, de percursos criativos variados e tendências autorais diversas, foram desafiados a conceber mundos originais e um conjunto de imagens alusivas, nas quais o autor depois se inspirou para tecer as peripécias.

Aurora Boreal e O Princípio Infinito: Primeiro Universo – O Bestiário Humano é o primeiro de quatro livros de cordel que completam o ciclo inicial, a que se seguirão outros dois ciclos, e tem a intervenção dos ilustradores Susana Resende (criadora do visão original da protagonista e ilustradora da capa do primeiro ciclo), Teotónio Agostinho (ilustrador da capa do primeiro universo), Renato Abreu e Daniel Maia.

A edição é complementada por galeria de imagens alternativas e pela banda desenhada curta “Aurora Boreal e a Primeira Mutação,“ com argumento de José de Matos-Cruz e ilustração de Renato Abreu.

Ilustração de Susana Resende

Eis a sinopse da editora:

Aurora Boreal. Surgiu na saga d’O Infante Portugal, nascida de uma relação efémera entre a soviética Oktobraia e o cósmico Malsão. Irradiando além das luzes e das trevas, a sua aparência torna-se Presente, ao romper os ciclos da infância e da realidade, pelo capricho súbito e intenso de uma libertação…
O Bestiário Humano.Houve, em tempos, um deus incerto, minucioso, que decidiu esmiuçar a cartografia da humanidade. Sem dúvida, não fora ele a concebê-la, e muito menos a criá-la. Porém, sentia-se intrigado com tanta quantidadende espécies e aspectos, com tamanha qualidade de ousadias e vacilações.

Aurora Boreal e O Princípio Infinito. Primeiro Universo: O Bestiário Humano
Autor José de Matos-Cruz
Ilustração: Teotónio Agostinho, Renato Abreu, Daniel Maia e Susana Resende
BD: José de Matos-Cruz (texto) e Renato Abreu (desenho)
Editora: Apenas Livros
Páginas: 36, preto e branco
PVP: 3,90€

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de SousaAdministrador