Como refere o seu faneditor, Geraldes Lino, Eros foi o único zine português declaradamente focado no erotismo pela via da banda desenhada.

Criado em 1987, o zine teve direito a 9 números, tendo ficado em suspense 2 temas que o faneditor imaginara para os seguintes. Por ocasião dos 20 anos da criação do zine, o primeiro tema inédito, lingerie erótica, veria a luz do dia no 10.º número da publicação, criado para assinalar tal efeméride.

Dez anos depois, por altura do 30.º aniversário, o faneditor disponibiliza o derradeiro número, cujo tema é o strip-tease, tendo o zine sido apresentado no AmadoraBD 2017.

Este split-zine tem direito a 2 capas, sendo que numa delas, em jeito de despedida, constam as 10 capas dos números que o antecederam. A outra capa é um extracto da BD de Guido Crepax reproduzida no interior.

Este número apresenta bandas desenhadas de autores nacionais e estrangeiros, nomeadamente Adalberto Barreto & Pepedelrey, Álvaro, Bernet (com direito a 2 BD), Guido Crepax, Isabel Lobinho (2 BD), Jean-Claude Servais, José Francisco, Lança Guerreiro, Max, Outro Nuno, Picalima & Falcato, Will Eisner, Yslaire e Zeu.

Eros #11
Editor: Geraldes Lino
Páginas: 44
Preto e branco, com 6 páginas a cores
Outubro 2017
Tiragem: 150 exemplares