O novo e eletrificante capítulo da série Rainha Vermelha intensifica a luta de Mare Barrow contra a escuridão que cresceu na sua alma…

Depois de muito aguardar, chegou finalmente a continuação da saga Rainha Vermelha, da autoria de Victoria Aveyard.

Em Espada de Vidro, o segundo volume, somos novamente envolvidos neste Universo em que prateados e vermelhos se degladiam. Mare Barrow, feita líder contra a sua vontade parte em busca de outros seres especiais, como ela – nem vermelhos, nem prateados… Algo novo, que promete revolucionar o Mundo em que vive. Mare corre contra o tempo pois o seu Inimigo possui a mesma lista e, uma e outra vez, o que se lhe depara são os restos mortais de outros como ela, que não se quiseram submeter.

Neste livro surge um novo interlocutor, regente de uma terra onde os que são como ela podem viver em liberdade, por um preço…

O sonho de Mare parece cada vez mais distante. Ama e odeia os irmãos prateados. Um nobre e o outro nem por isso, mas com toda a tortura a que é submetida, nem assim consegue arrancar os sentimentos do seu peito.

Vemos a sanidade fugir-lhe, submeter-se a cada vez mais perigos, cada vez mais isolada… O futuro é cada vez mais distante.

Onde está a Esperança, onde está a Luz?

Anseia-se pelo capítulo final.

Eis a sinopse da editora:

O sangue de Mare Barrow é vermelho mas a sua capacidade Prateada, o poder de controlar os relâmpagos, transformou-a numa arma que a corte real tenta controlar. A coroa acusa-a de ser uma farsa, mas quando ela foge do príncipe Maven – o amigo que a traiu –, Mare faz uma descoberta surpreendente: ela não é a única da sua espécie. Perseguida por Maven, Mare parte para descobrir e recrutar outros combatentes Vermelhos e Prateados que se juntem à batalha contra os seus opressores. Mas Mare encontra-se num caminho mortífero, em risco de se tornar exatamente no tipo de monstro que está a tentar derrotar. Será que ela vai ceder sob o peso das vidas exigidas pela rebelião? Ou a traição e a deslealdade tê-la-ão endurecido para sempre?

Victoria Aveyard é uma autora de 27 anos com formação em Escrita de Argumentos da Universidade do Sul da Califórnia que, tendo verificado que todas as histórias boas para filmes já tinham sido usadas (e as más também), decidiu ela própria escrever uma: Rainha Vermelha. Agora divide o seu tempo entre East Longmeadow, Massachusetts e Los Angeles. Neste momento dedica-se à continuação da série Rainha Vermelha, enquanto tem outros projetos literários e cinematográficos. A Universal Pictures já detém os direitos para uma produção a partir do livro.

Espada de Vidro
Victoria Aveyard
Editora: Saída de Emergência
Coleção: Bang!
Páginas: 384
Dimensões: 160 x 230 mm
Encadernação: capa mole com badanas
ISBN: 9789897730818
PVP: 18,80€

nota: agradece-se à editora a oferta do livro.

Outras Leituras