Em dezembro, José Pires faneditou no seu zine Fandaventuras a banda desenhada Os Três Mosqueteiros, uma adaptação de Arturo del Castillo da obra homónima de Alexandre Dumas. Relembra-se que esta obra já tinha sido publicada em Portugal pela Sociedade Editorial, SARL em 1978, na altura com direito a capa de Carlos Alberto.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Arturo del Castillo (1925-1992) foi um autor de banda desenhada nascido no Chile e naturalizado na Argentina. Uma das suas primeiras obras que gozou de grande reconhecimento na Argentina e Europa foi a adaptação de L´homme qui rit de Victor Hugo. Durante a denominada Idade de Ouro da BD Argentina, criou com o argumentista Héctor Germán Oesterheld o seu primeiro grande trabalho, a série western Randall, the Killer. Posteriormente, com o lento declínio da produção de BD argentina, começou a colaborar com a editora inglesa Fleetway, na qual realizou diversas adaptações literárias, sendo uma das mais reconhecidas Os Três Mosqueteiros de Alexandre Dumas, inicialmente publicada na Film Fun e posteriormente na Lion Comic. Em 1967, vê o seu trabalho em banda desenhada ser exposto no Museu do Louvre, integrado na exposição Bande Dessinée et figuration narrative. Em 1979, é premiado na Bienal Internacional de Córdoba e em 1980 é galardoado com o Yellow Kid pela sua carreira no festival de Lucca XIV.

nota: imagens gentilmente cedidas pelo faneditor.