Um dos prémios que o Bandas Desenhadas acompanha anualmente é o Grand Prix de la Critique ACBD (Association des Critiques et journalistes de Bande Dessinée). A obra galardoada com o Grande Prémio da Crítica ACBD 2018 foi La Terre des Fils, obra da autoria do italiano Gipi e editada pela Futuropolis.

Como já tinha acontecido no ano passado, nenhuma das 5 obras finalistas conheceu edição em Portugal, tendo-se verificado situação idêntica na seleção inicial das 15 obras candidatas ao Prémio.

Pelo segundo ano, foi também atribuído o Prix Jeunesse ACBD 2017, dedicado à banda desenhada infantojuvenil. A banda desenhada galardoada foi Imbattable T. 1: Justice et légume frais de Pascal Jousselin (Éditions Dupuis). Como é habitual, nenhuma das obras finalistas foi editada no nosso país.

Tendo já noticiado o Prémio Ásia 2017, resta-nos revelar o vencedor do Prix de la critique ACBD de la bande dessinée québécoise 2017, atribuído pela terceira vez com o objetivo de distinguir uma obra de BD quebequense. A obra premiada foi Louis parmi les spectres, da autoria de Isabelle Arsenault e Fanny Britt, editada por La Pastèque, inédita em Portugal.

Outras Leituras