POTTER’S FIELD é um thriller negro raramente visto nos comics

Brevemente nas livrarias, é distribuída a mais recente novidade da editora G. Floy. Trata-se de “Potter’s Field: O Cemitério dos Esquecidos”. Um belíssimo romance gráfico a meio caminho entre o thriller noir e a história de vigilantes e vingança… quase no limite da história de super-heróis! Com argumento de Mark Waid e arte de Paul Azaceta, é a história de um indivíduo misterioso, decidido a devolver o nome e a dignidade aos mortos anónimos enterrados em Potter’s Field, um cemitério para todos os que a lei e a justiça esqueceram perto de Nova Iorque.

Clique nas imagens para as visualizar em toda a sua extensão:

Eis a sinopse da editora:

Mark Waid (Kingdom Come) e Paul Azaceta (Outcast) assinam este romance gráfico bem negro, a meio caminho entre o policial noir e o thriller, e a história de vigilantismo no limite do super-herói:  a história de um indivíduo misterioso, decidido a devolver o nome e a dignidade aos mortos anónimos enterrados em Potter’s Field, um cemitério para os esquecidos perto de Nova Iorque.

John Doe. Um homem que não tem identidade. Que não tem história. Que não deixa impressões digitais. Fazendo apelo a uma rede de agentes que agem fora dos circuitos tradicionais e que não se conhecem uns aos outros, deu a si próprio a missão de descobrir o passado e o nome de todos aqueles que foram assassinados injustamente e enterrados neste cemitério.

Mas que passado é que John Doe está a tentar esconder? E como é que ele conseguirá encontrar as chaves desse passado neste cemitério dos esquecidos? Investigações, ruas e vielas escuras, perigos, conspirações… POTTER’S FIELD é um thriller negro raramente visto nos comics.

“Mark Waid coloca toda a história em movimento com uma premissa bem sólida e um mistério intrigante, mas é Azaceta quem dirige a história, pintando-nos um mundo negro para esse mistério habitar.” – Ain’t It Cool News

Mark Waid é um dos mais aclamados escritores de comics da actualidade, com uma extensa obra para as duas grandes editoras de super-heróis, DC e a Marvel. Depois de se tornar escritor a tempo inteiro, escreveria para a Marvel uma extensa série de números da revista do Capitão América (com arte de Ron Garney), que ainda hoje é considerada como uma das fases definitivas da personagem. O seu romance gráfico Kingdom Come, para a DC, que mostra um futuro possível distópico da Liga da Justiça, é considerado uma das grandes histórias de sempre dos super-heróis da DC. Assinou muitas outras séries para ambas as editoras, incluindo histórias importante para a Liga da Justiça (Heaven’s Ladder, JLA: Year One), Fantastic Four, Superman: Birthright, e muitos mais. Mais recentemente, a sua fase na revista do Demolidor tornou-se numa das mais populares de sempre, e granjeou-lhe uma mão-cheia de Eisners, e escreveu também este Potter’s Field, bem como o romance gráfico Strange Fruit, também para a editora Boom!

Paul Azaceta é um desenhador já conhecido dos fãs da G.Floy, que edita dele a série Outcast (com argumento de Robert Kirkman). Azaceta é bem conhecido pelo seu estilo contido e dinâmico ao mesmo tempo, e depois de uma série de trabalhos em que a sua sensibilidade noir apareceu em toda a força na indústria, em títulos como Daredevil, Spider-Man, Punisher Noir, e B.P.R.D. 1946, assina esta belíssima história de vingança em nome dos que a lei e a justiça esqueceram.

Potter’s Field: O Cemitério dos Esquecidos
Argumento de Mark Waid e arte de Paul Azaceta
Formato comic, capa dura, 1046 págs. a cores.
ISBN: 978-84-16510-52-8
PVP: 12€

nota: imagens cedidas pela editora.