A nova série Perdidos no Espaço baseia-se na série homónima norte-americana de ficção científica, estreada em 1965. Este reboot compreende 10 episódios, todos eles imediatamente disponíveis. Desenvolvida pela Legendary Television, esta série foi desenvolvida pelo duo Matt Sazama e Burk Sharpless, que escreveu os 1.º, 2.º e 10.º episódios.

A série original, com direito a 3 temporadas com um total de 83 episódios, baseou-se na banda desenhada Space Family Robinson, criada por Del Connel (argumento) e Dan Spiegle (desenho) para a Gold Key Comics, com óbvias influências no romance A Família Robinson (1812) do suíço Johann David Wyss, por sua vez inspirado na obra Robinson Crusoe (1719) do inglês Daniel Defoe. Ao longo do tempo, a BD contou com o trabalho de outros autores. Iniciada em dezembro de 1962, a série de BD seria cancelada no #36, em outubro de 1969, cerca de 1 ano após o cancelamento da série televisiva. Novas BD seriam publicadas em March of Comics #320, 328 e 352. Em parte devido à popularidade de Star Trek, a série de banda desenhada regressaria em 1973, prosseguindo a numeração até ao #54, em dezembro de 1977. Uma  nova história foi publicada em Gold Key Champion #1 (1978). Entre 1981 e 1982, foram publicados os derradeiros números da série (#55-59).

Uma segunda série de BD foi publicada pela Innovation Comics em 1991, desta feita com o título da série televisiva Lost in Space, com argumento de Billy Mumy e Kevin Burns e desenhos de Michael Dutkiewicz. A  série durou 18 números, com direito a 2 edições especiais anuais e o primeiro número do que seria uma minissérie em 2 partes, que viria a ser completada aquando do lançamento do trade paperback.

Na nova série televisiva, a família Robinson faz parte de uma bem treinada missão que visa fundar uma colónia no espaço, mas sai inesperadamente da sua rota e vê-se forçada a aterrar de emergência num planeta desconhecido. O perigo vai encontrá-los.

Eis o trailer da nova série televisiva:


Sword Gai (ソードガイ / Sodo Gai) é um manga escrito por Toshiki Inoue e desenhado por Wosamu Kine. A BD narra a história de um jovem que se torna o portador de uma espada infernal lendária e que, tendo o destino da humanidade nas suas mãos, utiliza o seu poder demoníaco contra os seus inimigos. Tendo como público-alvo os jovens adultos do sexo masculino, é publicada na revista Hero’s da editora japonesa Shogakukan. Iniciada em 2012, cessou em 2015, tendo sido reunida em 6 volumes. Em 2016, prosseguiu com o título Sword Gai Evolve.

A BD foi adaptada à animação na série Swordgai: The Animation. Os primeiros 12 episódios (Parte 1) já se encontram disponíveis, estando a Parte 2 planeada para ser exibida no verão de 2018. Escrita pelo próprio argumentista do manga, é realizada por Takahiro Ikezoe e Tomohito Naka para os estúdios LandQ Studios, DLE e Production I.G.

Eis o trailer:


The Disastrous Life of Saiki K. (斉木楠雄のΨ難 / Saiki Kusuo no Sai-nan) é um manga de humor da autoria de Shuichi Aso, publicado pela Shueisha na revista Weekly Shonen Jump desde 2012. A série original findou em fevereiro de 2018, tendo sido compilada em 24 volumes e tendo direito a um videjogo para a consola portátil Nintendo 3DS em 2016 e um filme longa-metragem em imagem real em 2017. Em março de 2018, iniciou-se uma sequela do manga na mesma revista no formato 4-koma.

Kusuo Saiki é um estudante do secundário que nasceu com diversos poderes psíquicos. No entanto, os colegas excêntricos não o poupam e tenta passar despercebido, enquanto usa os seus poderes em segredo. A adaptação para anime, ficou a cargo dos estúdios J. C. Staff e EGG FIRM, contando com a realização de Hiroaki Sakurai nos 24 episódios.

Eis o trailer:

SOBRE O AUTOR |

Nuno Pereira de SousaAdministrador
Fundador e administrador do site, com formação em banda desenhada. Consultor editorial freelance e autor de livros e artigos em diferentes publicações.