Chega hoje aos pontos de venda de periódicos o nono e último número da coleção I.R.$, da autoria dos belgas Stephen Desberg (argumento) e Bernard Vrancken (desenho). A nível de colorização, estreia-se na série a belga Bérengère Marquebreucq, que sucede à francesa Coquelicot (responsável pelas cores da maioria dos volumes) e ao o francês MiKl (nos números 15 e 16 originais). Este volume é composto pelos números 17 e 18 da série original, Larry’s Paradise (2016) e Kate’s Hell (2017).

Eis a sinopse da editora:

Larry B. Max apresentou a sua demissão do I.R.$ e é contratado pela Kyle Financial Partners – uma poderosa empresa especializada na optimização dos rendimentos dos seus clientes, que estava muito interessada no conhecimento profundo das engrenagens da regulamentação fiscal do antigo agente. Uns atrás dos outros, certos clientes e associados de grandes escritórios especializados em direito fiscal começam a ser assassinados e Larry torna-se imediatamente alvo preferencial dos defensores de métodos musculados de acção. Ao mesmo tempo, o herói recebe um inesperado e perturbador telefonema de Gloria Paradise…

A segunda história do álbum começa após a morte de Kyle, quando Larry fica responsável de operações da Kyle Partners. Isso coloca-o imediatamente na mira de um grupo terrorista que combate grupos poderosos que, sem violação do quadro legal existente, resolvem os problemas fiscais dos seus clientes. O herói tem outras preocupações na sua vida, pois continua a ser contactado pelo fantasma de Gloria, impelindo-o a fazer estranhas descobertas acerca da sua família…