Em abril, a chancela editorial Arranha-Céus publicou, em conjunto com o jornal Público, uma antologia dedicada ao primeiro quartel de existência da tira de BD Bartoon, da autoria de Luís Afonso.

Eis a sinopse da editora:

Como se celebram aniversários? Chamamos amigos para a festa, eles trazem o que beber, um petisco, uma prenda.

Aos anos, o Bartoon fez-se bar aberto: pedimos a outros tantos leitores confessos que escolhessem dez tiras do longo percurso do barman cujo bigode não deixou nunca de estar na moda. Sem qualquer limite, procurando as mais significativas de qualquer ponto de vista, pessoal ou do humor, de política nacional ou actualidade internacional, de cultura ou matemática, de melancolia ou de assertividade, da ilustração ou do texto. Vai mais um copo, que a vida serve-se fria?

Paralelamente, o periódico disponibiliza na sua loja online outros produtos para celebrar o aniversário de Bartoon, nomeadamente um pack de vinho do Douro e cerveja Malte Munich Dunkel, especialmente desenvolvidos por Dirk Niepoort para a ocasião, bem como um caderno A6 e marcador de Jessé Chaveiro.

Outras Leituras